Jejum: má fase de Rogério é reconhecida, mas atacante é defendido no Sport

O jogador não marca há 13 jogos e o seu último gol foi no dia 2 de abril

Rogério está há quase dois meses sem balançar as redesRogério está há quase dois meses sem balançar as redes - Foto: Anderson stevens

Desde que renovou o contrato com o Sport até 2021 – no dia 6 de abril –, Rogério caiu de rendimento. Não marca há 13 jogos e por isso tem recebido críticas da torcida rubro-negra. Na vitória de virada sobre o Grêmio por 4 a 3, na Ilha do Retiro, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro da Série A, o atacante foi substituído ainda no intervalo pelo colombiano Reinaldo Lenis e sequer voltou para o banco de reservas para acompanhar o restante da partida.

Após o jogo, o técnico interino Daniel Paulista reconheceu a má fase de Rogério com a camisa do Leão, mas demonstrou confiança para recuperá-lo. Inclusive, saiu em defesa do jogador. “Ele é um grande jogador, tem muito potencial e temos confiança nele. Precisamos resgatá-lo. O atacante pode não estar no melhor momento, mas vamos dar moral. O jogador tem muita qualidade e está dentro do contexto e do aproveitamento de qualquer treinador porque tem muita qualidade”, destacou.

No primeiro tempo do jogo contra os tricolores gaúchos, Rogério e Rithely discutiram dentro de campo. O atacante foi cobrado pelo volante depois de um chute ao gol. Sobre o episódio, Daniel Paulista minimizou o bate-boca. “Não vi muito bem a discussão, mas se houve foi algo de jogo. No vestiário, tudo normal”, disse.

Este ano, Rogério jogou 28 partidas pelo Sport e marcou oito gols. O seu início de temporada foi muito bom, porém de abril pra cá tem deixado a desejar nas partidas, sendo um dos alvos de questionamentos dos torcedores rubro-negros. A última vez que o atacante balançou as redes foi na vitória sobre o Campinense por 3 a 1, no jogo da volta das quartas de finais da Copa do Nordeste, no dia 2 de abril. 


Veja também

Sem UTI aérea, ministério só vai transferir de Manaus pacientes de Covid em estado menos grave
Colapso em Manaus

Sem UTI aérea, ministério só vai transferir de Manaus pacientes de Covid em estado menos grave

Contêneires e 64m de comprimento: conheça avião que parte do Recife para buscar vacina na Índia
Avião da vacina

Contêneires e 64m de comprimento: conheça avião que parte do Recife para buscar vacina na Índia