Recife

João Campos autoriza contratação de até 745 profissionais de saúde para vacinação contra Covid-19

Prefeito do Recife inaugurou a Sala de Situação, um local de monitoramento diário das ações de imunização

Sala de Situação, um local de monitoramento diário das ações de imunização no RecifeSala de Situação, um local de monitoramento diário das ações de imunização no Recife - Foto: Diego Nigro/Prefeitura do Recife

O prefeito João Campos autorizou, neste domingo (17), a contratação de até 745 profissionais de saúde para atuar diretamente na imunização da população recifense. A decisão faz parte do Plano Recife Vacina e foi anunciada pelo gestor municipal durante reunião de instalação da Sala de Situação do plano, um espaço permanente de monitoramento das ações da vacinação no Recife.

O espaço vai agregar todos os órgãos do município ligados à ação, coordenada pessoalmente pelo prefeito.

“A gente vai ter nesta sala representantes das secretarias envolvidas para coordenar a logística, a infraestrutura, a comunicação, tudo o que tange a logística da saúde neste momento. Nós estamos fazendo a nossa parte”, afirmou o gestor. 

Os profissionais serão convocados do concurso público realizado em 2019 pela Secretaria de Saúde do Recife e atuarão diretamente nos pontos do Recife Vacina. Uma parte das vagas será destinada a pessoas com deficiência. Após a contratação, os profissionais serão capacitados pela Escola de Saúde do Recife, por videoaula, para garantir os cuidados com o distanciamento social.

A vacina é a única alternativa definitiva para a gente poder consagrar a vitória à pandemia e conseguir restabelecer a volta do convívio nas relações e do funcionamento dentro da normalidade da nossa cidade”, explicou o prefeito João Campos.

As contratações serão temporárias, com vigência de seis meses, podendo ser prorrogadas por até dois anos. O contrato também pode ser rescindido, a qualquer momento, caso não haja mais necessidade. Não podem participar do processo pessoas com mais de 60 anos de idade, gestantes, lactantes ou que se enquadrem em outro grupo de risco da Covid-19.

A Sala está dividida em quatro frentes de trabalho: Infraestrutura, Logística e Segurança, Contratação e Treinamento de Pessoal, e Cadastramento, Agendamento e Comunicação. O prefeito fará o monitoramento das ações da sala diariamente.

Veja também

Primeiro caso da Covid-19 no Brasil completa um ano
Pandemia

Primeiro caso da Covid-19 no Brasil completa um ano

Alexandre Lopes é exonerado da presidência do Inep
Educação

Alexandre Lopes é exonerado da presidência do Inep