João Paulo diz que, "por enquanto", não sai do PT

O ex-prefeito, no entanto, não descarta deixar a sigla

Ex-prefeito do Recife João Paulo (PT)Ex-prefeito do Recife João Paulo (PT) - Foto: Reprodução de vídeo

O ex-prefeito João Paulo diz que pediu licença do PT para se dedicar integralmente à dissertação do seu mestrado e à vida acadêmica. Mas, em conversa com a titular deste site, não negou que apenas "por enquanto" não pensa em deixar a sigla na qual se dedicou por quase 40 anos e que milita desde a sua criação. Recorda que foi pelo partido de Lula que se elegeu deputado estadual, prefeito do Recife duas vezes, deputado federal e foi nomeado superintendente da Sudene.

Mas JP afirma que não gosta de ver seu nome "sendo jogado" num debate para ser vice-governador ou candidato a senador numa chapa com o PSB e por isso resolveu se afastar. Se vai mudar de legenda para se candidatar, saberemos até 7 de abril, quando a Justiça Eleitoral determina que todos que pleteiam as urnas em outubro, estejam filiados a alguma legenda até esta data.

Veja também

Arce assumirá as rédeas de uma Bolívia polarizada e em crise econômica
América Latina

Arce assumirá as rédeas de uma Bolívia polarizada e em crise econômica

Rússia espera registro da Sputnik V no Brasil em dezembro e produção em janeiro
Covid-19

Rússia espera registro da Sputnik V no Brasil em dezembro e produção em janeiro