Divórcio

Johnny Depp e Amber Heard finalizam o divórcio

Casal se separou no ano passado em meio a acusações de chantagem e agressão

Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE)Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) - Foto: Arthur Mota/Arquivo Folha

Chega ao fim um dos processos de divórcio mais badalados do mundo das celebridades. Johnny Depp e Amber Heard fizeram um acordo quanto aos termos da ruptura, marcada por acusações de violência doméstica. O ator concordou em pagar US$ 7 milhões à modelo, que vai doar esse montante a duas instituições de caridade. Também ficou decidido pelo tribunal de Los Angeles, nos Estados Unidos, que ela será responsável pelos cães que o casal tinha em comum, Pistol e Boo, e pelo cavalo Arrow.

Casamento de Amber Heard  e Johnny Depp durou 15 meses

Foto: Casamento de Amber Heard e Johnny Depp durou 15 meses
Créditos: Reprodução/internet

Quanto às acusações de violência doméstica, Depp continua a negar culpa. Segundo Amber, o ator foi agressivo durante toda a relação entre os dois. Separados desde maio de 2016, os papeis do divórcio indicam que Deep mantém posse de boa parte dos seus bens, como as propriedades em Los Angeles, Paris e uma ilha privada nas Bahamas. Além dos mais de 40 veículos, entre carros antigos e sua coleção de motocicletas.

Sobre as doações, Amber pretende dividir o valor entre o Sindicato de Liberdades Civis dos EUA e o Hospital de Crianças de Los Angeles.

Veja também

Navegue na edição digital da Folha de Pernambuco
Folha de Pernambuco

Navegue na edição digital da Folha de Pernambuco

Janet Yellen é confirmada como primeira secretária do Tesouro americano
EUA

Janet Yellen é confirmada como primeira secretária do Tesouro americano