Jornalistas da Folha são homenageadas por trabalho

Prêmios da Câmara do Recife e do Caxangá Ágape ressaltam as profissionais que contribuem para o desenvolvimento da sociedade

Da esquerda para a direita,  Branca Alves, Carol Brito, Renata Bezerra de Melo e Priscilla AguiarDa esquerda para a direita, Branca Alves, Carol Brito, Renata Bezerra de Melo e Priscilla Aguiar - Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

O papel das mulheres no campo da comunicação tem resultado em merecido reconhecimento. O empenho das formadoras de opinião vem alcançado a legitimidade pública e social, ampliando, dessa forma, o debate sobre o seu papel na sociedade. Às vésperas do Dia Internacional da Mulher, quatro jornalistas da Folha de Pernambuco recebem homenagens pelo trabalho que executam na comunicação. Branca Alves (Blog da Folha), Carol Brito (Política), Priscilla Aguiar (Portal FolhaPE) e Renata Bezerra de Melo (colunista de Política) serão homenageadas pela Câmara de Vereadores e Caxangá Ágape.

A homenagem na Câmara Municipal do Recife se dará em dois momentos. Na manhã desta quarta-feira (7), a colunista do Folha Política, Renata Bezerra de Melo, receberá o prêmio “Mulheres que Fazem a Diferença”, em cerimônia de autoria do vereador Wanderson Florêncio. O reconhecimento pelo trabalho dela dentro da comunicação também será motivo de homenagem em cerimônia do Caxangá Ágape, no dia 21 de março.

Leia também:
Quem faz a Folha de Pernambuco; veja imagens
Patrícia Raposo recebe o Prêmio Tacaruna Mulher 2017

Já à tarde, também na Câmara de Vereadores, as demais jornalistas da Folha receberão, junto com outras homenageadas das áreas de cultura, saúde, ação social, educação e empreendedorismo e empresa, o prêmio “Mulher de Destaque", iniciativa da vereadora Aline Mariano. “Nosso principal objetivo é valorizar a mulher no contexto da cidadania. A relevante e justa homenagem dá-se pela nova condição feminina que remete à presença e à atuação afetiva de mulheres que, além de ser um dos alicerces da família, ainda contribuem com o desenvolvimento da cidade”, justificou a vereadora.

A editora-adjunta do caderno de Política, Carol Brito, faz uma reflexão sobre a condição feminina no domínio dos meios de comunicação. “Cabe a nós, jornalistas, contar histórias e dar voz às pessoas. Quanto maior a diversidade dos profissionais que contam essas histórias, mais plural será o olhar que é passado para o leitor diariamente”, disse.

Essa inserção abre espaço para a ocupação de cargos de liderança. “No meu caso, eu vivo a representatividade feminina no jornalismo em meu dia a dia aqui na Folha. A editoria de Política e a Editoria Executiva são conduzidas por mulheres. Além disso, toda a área de jornalismo do grupo está sob o comando de uma mulher, que é a editora chefe, Patrícia de Raposo", afirmou Carol.

“A mulher, pela diversidade de papéis que desempenha no seu dia a dia, tem um olhar cuidadoso, atento, abrangente, o que lhe permite ver além, conectar pessoas e situações. Isso, de certa forma, é uma vantagem competitiva que lhe permite avançar, quando lhe dão oportunidades. As mulheres precisam de oportunidades para mostrar seu valor", diz a editora chefe da Folha de Pernambuco, Patrícia de Raposo.

Esse quadro crescente de líderes mulheres, não só nos veículos de comunicação, tem sido encarado como uma vitória feminina, relativamente recente. “É inspirador vermos que a redação tem uma cara mais feminina, os cargos de chefia que antes eram ocupados por homens hoje são geridos por mulheres e com os mesmos salários. Esse espaço maior é fruto de uma luta histórica e ver uma maioria feminina no local de trabalho mostra que estamos avançando”, declarou a editora-adjunta do Portal Folha PE, Priscilla Aguiar.

Para Renata Bezerra de Melo que lida diariamente com um meio tão masculino, que é a política, essa homenagens chegam para “realçar o papel feminino não só no jornalismo”. “É só observar a representação das mulheres nas casas legislativas como ainda é baixa. No jornalismo, a tirar pelo número de amigas de bancada também homenageadas nesta data, as mulheres têm ocupado espaço cada vez maior. Na Folha, por exemplo, somos a maioria. Juntas, somos mais fortes.”

Veja também

Sonda conclui a primeira coleta de amostra em um asteroide feita pela Nasa

Sonda conclui a primeira coleta da Nasa de amostra em asteroide

Ministério da Saúde inicia 15ª missão para atender indígenas com Covid-19
Coronavírus

Ministério da Saúde inicia 15ª missão para atender indígenas com Covid-19