rio de janeiro

Jovem que resgatou mãe e bebês de enxurrada abre vaquinha para recuperar móveis perdidos

Meta estabelecida, de R$ 12 mil, já foi ultrapassada. Segundo Marcos Vinicius, geladeira recém-comprada está entre as perdas

Jovem salva família que estava em carro na enchenteJovem salva família que estava em carro na enchente - Foto: Reprodução

O auxiliar de logística Marcos Vinícius de Souza Vasconcelos, de 20 anos, abriu uma vaquinha na madrugada desta quinta-feira (22), após sua família ter perdas com a forte chuva que atingiu o município de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

Após o resgate de duas crianças e da mãe delas — que estavam presas em um carro que era arrastado pela enchente —, Marcos Vinicius teve que ajudar a própria família, que teve casas inundadas. A meta estabelecida por ele, de R$ 12 mil, para a vaquinha já foi ultrapassada em quase R$ 5 mil. Ao todo, ele já teve o apoio de 749 pessoas.

Nas redes sociais, ele mostrou o estado que encontrou a casa de sua tia: a casa ficou inundada, com água chegando a cerca de dois palmos de altura. “Depois de um dia desses, olha como está a casa da minha tia. Tudo alagado, tudo para o alto. Mas Deus sabe das coisas”, disse.

Nas publicações feitas em redes sociais, ele mostra também a limpeza do imóvel, que levou horas. Às 3h23, mostrou a residência já sem água, mas com lama. Mais de uma hora depois, às 4h51, diz: “Quase acabando, até que enfim”.

Com os estragos causados pela chuva, Marcos Vinicius abriu uma vaquinha para ajudar sua tia e seu pai, que também foi perdeu móveis. A meta era R$ 12 mil. Às 8h40 desta quinta-feira, ele já havia ultrapassado o valor estipulado em quase R$ 4 mil.

Ao Bom Dia Rio, da TV Globo, Marcos Vinicius também comentou sobre a situação dos imóveis da família:

"Minha casa, da minha tia e dos meus sobrinhos. A de todos alagou. A rua está empesteada de lama, não dá para passar. E sempre assim, todo começo de ano."

Resgate heroico
No vídeo que mostra o resgate, é possível ver a mãe e as crianças sendo puxadas pelo braço por Marcos para um lugar seguro. Logo depois, o carro é levado pela enxurrada. Em outro ângulo, é possível ver Marcos Vinícius apoiado com a perna esquerda na escada de entrada do ônibus, e com a direita segurando a traseira do veículo. Ele puxa primeiro uma criança, que está aos prantos, e depois ajuda a mulher. Ambas são colocadas dentro do coletivo.

Na noite desta quarta-feira, enquanto voltava do trabalho no ônibus da empresa e passava por Jardim Alvorada, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, as ruas estavam alagadas em razão do temporal. Carros eram arrastados pelas água. Em um dos veículos, estavam uma mãe e dois bebês, irmãs gêmeas, de apenas 1 ano. Ele saltou do coletivo e conseguiu retirá-las do veículo, momentos antes de o carro ser levado pela correnteza. Todo o resgate foi gravado por outros passageiros e durou cerca de cinco minutos.

Veja também

Cachorro morre após falha no transporte de companhia aérea; animal foi encontrado sem vida em SP
negligência

Cachorro morre após falha no transporte aéreo; animal foi encontrado sem vida em SP

Bolsa Família reduz pobreza na primeira infância, mostra estudo
programa

Bolsa Família reduz pobreza na primeira infância, mostra estudo

Newsletter