Jovens suspeitos de arrastão são detidos no Bairro do Recife

Com eles, foram encontradas duas facas e vários barrotes. Após averiguação, os cerca de 30 suspeitos foram liberados

Júlio Lóssio Júlio Lóssio  - Foto: Divulgação

O domingo (6) foi de medo e correria no Bairro do Recife. Dezenas de jovens realizaram um arrastão pela avenida Marquês de Olinda assustaram visitantes do bairro histórico, por volta das 20h. Eles foram contidos por integrantes do Grupamento Tático Operacional (GTO) da Guarda Municipal do Recife, que conseguiram deter cerca de 30.

Os suspeitos de promoverem arruaça foram conduzidos até a Praça da Independência e foram liberados aos poucos. Com eles, foram encontradas duas facas e vários barrotes.

Em meio a isso, os comerciantes tiveram novamente o movimento reduzido. “O que está espantando o pessoal que vem para cá são os maloqueiros. Eu acho que tem que haver na ponte para impedir que eles venham para cá fazer arruaças”, afirmou Laílton Nunes. “A gente se sente inseguro, porque a gente está trabalhando e não sabe de onde vem a confusão”, acrescentou.

Outro comerciante, Bruno dos Santos, destaca que as arruaças não são novidade pelo bairro. “Prejudica todo mundo. Faz anos que eu trabalho aqui. Agora todo domingo tem essa confusão e o movimento só faz cair”, conta.

Na última semana, durante festividades por conta da eleição, uma confusão ainda maior tomou conta da praça do Marco Zero, com brigas e vários roubos.

Veja também

Anvisa recebe pedido de avaliação preliminar de documentos da vacina russa Sputnik V
Coronvírus

Anvisa recebe pedido de avaliação preliminar de documentos da vacina russa Sputnik V

Polícia detalha atentado em Nice e prende suspeito de ser cúmplice do terrorista
França

Polícia detalha atentado em Nice e prende suspeito de ser cúmplice do terrorista