Justiça concede liberdade a 55 socioeducandos da Funase

A ação visou desafogar as unidades socioeducativas de Abreu e Lima, Cabo, Jaboatão, Santa Luzia e Garanhuns

Funase concede liberdade a 55 socioeducandosFunase concede liberdade a 55 socioeducandos - Foto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

Socieducandos internados na Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) foram libertados após mutirões da Justiça para a reavaliação de processos por envolvimento em atos infracionais. No total, foram 55.

As audiências concentradas terminaram na última sexta-feira (7) e terão continuidade nesta semana, com o atendimento de 29 socioeducandos da Casa de Semiliberdade (Casem) Olinda, na Região Metropolitana, e outros 18 que estão internados no Case/Cenip Arcoverde, no Sertão do Estado. As sessões são realizadas pelas Varas Regionais da Infância e Juventude dos municípios onde as unidades da Funase estão localizadas.

Saiba mais:
Programa Vida Aprendiz ressocializa egressos da Funase 
Funase investiga selfie de socioeducando em carro oficial 

Inicialmente, 70 socieducandos passaram pelas reavaliações, na sexta-feira, mas alguns não puderam deixar a Funase. O número de liberações mais expressivo ocorreu no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Abreu e Lima. Todos os 20 adolescentes participantes puderam deixar a Funase, sendo 18 por extinção da medida socioeducativa, e dois, por encaminhamento à liberdade assistida, com apresentações periódicas à Justiça.

Para avaliar os processos dos socioeducandos, o Judiciário, o Ministério Público Estadual e a Defensoria Pública Estadual se baseiam em relatórios enviados pelas equipes técnicas das unidades socioeducativas, nos quais são apontados aspectos do cumprimento da medida socioeducativa e o envolvimento dos adolescentes com as atividades pedagógicas propostas. Por meio da análise desses documentos, de forma conjunta, é possível decidir se o jovem já tem condições de ser reintegrado à sociedade.

Veja também

Câmara Baixa do Parlamento russo ratifica extensão do tratado nuclear New START
PRAZO

Câmara Baixa do Parlamento russo ratifica extensão do tratado nuclear New START

Governo do Maranhão desiste de suspender pequenos eventos
Coronavírus

Governo do Maranhão desiste de suspender pequenos eventos