Ilhéus

Justiça decreta prisão de agressor filmado espancando mulher em Ilhéus; homem foi ouvido e liberado

Carlos Samuel Freitas Costa Filho prestou depoimento, mas foi liberador por não haver mandado de prisão no momento

Carlos Samuel Freitas Costa Filho, agressor que aparece batendo em mulher em IlhéusCarlos Samuel Freitas Costa Filho, agressor que aparece batendo em mulher em Ilhéus - Foto: Reprodução/TV Santa Cruz

O agressor Carlos Samuel Freitas Costa Filho, que aparece em um vídeo batendo em uma mulher com seis socos no rosto em Ilhéus, no sul da Bahia, teve a prisão decretada pela Justiça na noite dessa quinta-feira (15). A informação é da TV Bahia.

Carlos Samuel foi ouvido na Delegacia da Mulher de Ilhéus, mas foi liberado em seguida porque não havia mandado de prisão expedido contra ele. 

A prisão preventiva foi pedida pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA), que informou ter encaminhado a notícia do crime ainda pela manhã. O órgão afirmou que a fundamentação do pedido se deu "na necessidade de resguardar a ordem pública, considerando-se a gravidade da conduta concreta (exacerbada violência empregada) e a condição reincidente do autor do fato".
 

De acordo com o MP-BA, Carlos Samuel já havia sido denunciado em 2015 pelo MP por crimes de violência doméstica, ameaça e cárcere privado cometidos contra outra mulher. Ele foi inclusive condenado pela Justiça em primeira instância. 

Após recurso impetrado pela defesa de Carlos Samuel, a condenação quanto ao crime de cárcere privado foi mantida em agosto último pelo Tribunal de Justiça da Bahia, que reconheceu a prescrição referente aos crimes de violência doméstica e ameaça.

Carlos Samuel deu depoimento durante cerca de quatro horas. Na declaração, ele afirmou que o vídeo é do final de junho. Ele afirmou "estar arrependido" da agressão. 

Em nota, o agressor tinha dito que era "um jovem trabalhador" e "sem envolvimento com algum tipo de prática criminosa", além de afirmar "estar pronto para cumprir a punição de acordo com a Lei".

Agressor foi identificado como Carlos Samuel Freitas Costa FilhoMomento da agressão foi filmado e viralizou nas redes sociais (Foto: Reprodução)

Vítima também foi ouvida
Segudo o jornal Correio, a vítima que aparece nas imagens sendo agredida foi ouvida pela polícia na cidade de Uruçuca, a cerca de 40 quilômetros de Ilhéus.

Em depoimento, ela afirmou à polícia que vivia uma "relação conturbada" com o agressor. Os dois já haviam terminado o relacionamento.

 

Veja também

Rio não terá desfile de blocos de rua no carnaval de 2021
carnaval

Rio não terá desfile de blocos de rua no carnaval de 2021

Brasileira está entre as vítimas de atentado na França, informa Itamaraty
internacional

Brasileira está entre as vítimas de atentado na França