Justiça

Justiça do Paquistão prolonga liberdade sob fiança de ex-premiê Imran Khan

Ele enfrenta mais de 150 processos desde que foi deposto do poder em 2022

O ex-primeiro-ministro do Paquistão, Imran Khan (esquerda), deixa o Supremo Tribunal em Islamabad.O ex-primeiro-ministro do Paquistão, Imran Khan (esquerda), deixa o Supremo Tribunal em Islamabad. - Foto: Farooq Naeem/AFP

Dois tribunais paquistaneses estenderam, nesta quinta-feira (8), a liberdade sob fiança do ex-primeiro-ministro Imran Khan em uma dúzia de casos, um mês depois de sua detenção provocar protestos em massa e milhares de detenções.

Khan, de 70 anos, ex-estrela do críquete, enfrenta mais de 150 processos desde que foi deposto do poder em abril do ano passado.

Nesta quinta-feira, ele compareceu a dois tribunais da capital do país, Islamabad.

"Imran Khan está em liberdade sob fiança até 19 de junho em oito casos registrados contra ele sob a legislação antiterror", disse à AFP um de seus advogados, Sher Afzal Marwat.

Gohar Khan, também da sua equipe de defesa, disse que outro tribunal prolongou a fiança em outros nove casos.

O ex-dirigente foi preso em 9 de maio, em Islamabad, por um caso de corrupção. Três dias depois, foi solto sob fiança, porque a Justiça considerou que sua prisão havia sido ilegal.

Sua prisão gerou dois dias de caos, com milhares de seus apoiadores queimando prédios e bloqueando estradas em várias regiões.

O governo mobilizou o Exército para conter os distúrbios, que deixaram pelo menos nove mortos, de acordo com fontes policiais e da saúde.

Khan lançou uma campanha sem precedentes de desafio contra os militares, acusando o atual governo de coalizão de derrubá-lo do poder no ano passado em conluio com generais.

Veja também

Maduro acusa principal rival nas presidenciais de planejar golpe de Estado
Venezuela

Maduro acusa principal rival nas presidenciais de planejar golpe de Estado

Raças do Brasil: Rastreador Brasileiro foi salvo da extinção; conheça a história do cão
Folha Pet

Raças do Brasil: Rastreador Brasileiro foi salvo da extinção; conheça a história do cão

Newsletter