Justiça ouve testemunhas em caso de Marielle Franco

A audiência de instrução, na 4ª Vara Criminal da cidade do Rio de Janeiro, está marcada para as 14h

A ex-vereadora foi assassinada em março de 2018A ex-vereadora foi assassinada em março de 2018 - Foto: Arquivo/Guilherme Cunha/Alerj

A Justiça do Rio de Janeiro ouve na tarde desta sexta-feira(2) testemunhas do processo sobre os homicídios da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, ocorridos em março do ano passado. A audiência de instrução, na 4ª Vara Criminal da cidade do Rio de Janeiro, está marcada para as 14h.

Como o processo corre em segredo de Justiça, no entanto, a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) não informou quem será ouvido. A imprensa tampouco poderá acompanhar a audiência.

Leia também:
Pescador diz que aliado de assassino de Marielle jogou armas no mar
Família de Marielle reivindica legado e bissexualidade da vereadora
Inquérito aponta caso Mayara como tentativa de feminicídio

Respondem pelo homicídio os ex-policiais Ronnie Lessa (reformado) e Élcio Queiroz (expulso da Polícia Militar). A vereadora Marielle Franco e seu motorista Anderson Gomes foram assassinados com vários tiros dentro do carro da parlamentar, no centro do Rio de Janeiro.

De acordo com a assessoria de imprensa do TJRJ, ainda não há previsão de data para o julgamento do caso.

Veja também

Itamaraty anuncia mais um voo para trazer brasileiros retidos em Portugal
Pandemia

Itamaraty anuncia mais um voo para trazer brasileiros retidos em Portugal

Pesquisadores da Universidade de Brasília desenvolvem máscara que inativa coronavírus
Ciência

Pesquisadores da Universidade de Brasília desenvolvem máscara que inativa coronavírus