Kim Kardashian quebra o silêncio, vai às lágrimas e fala sobre assalto em Paris

Socialite falou pela primeira vez sobre o assunto em chamada do reality da família

O recurso será utilizado na aquisição de duas unidades móveis equipadas com consultóriosO recurso será utilizado na aquisição de duas unidades móveis equipadas com consultórios - Foto: Divulgação

Kim Kardashian quebrou o silêncio e falou, pela primeira vez, sobre o assalto que sofreu em Paris, em outubro de 2016. No teaser de divulgação do reality show protagonizado por sua família, “Keeping Up With the Kardashians”, ela aparece falando sobre o assunto a suas irmãs, Khloé e Kourtney. “Eles vão atirar nas minhas costas. Não há saída”, disse, relembrando o momento traumático. “Pensar sobre isso me deixa tão chateada.”, concluiu. Veja abaixo!

As imagens também mostram Kim ao saber da hospitalização de seu marido, Kanye West, em novembro. “Não me assuste, por favor. O que está acontecendo?”, diz ela abalada. “Acho que ele precisa muito de mim e eu preciso ir para casa.” West foi internado por privação de sono e exaustão e ficou cerca de uma semana no UCLA Medical Center. Ao mostrar esse trecho no vídeo, o canal E! parece tentar enterrar os rumores de que o casamento de Kim e Kanye está em crise.  

Veja também

Biden comemora as 200 milhões de doses de vacinas anticovid aplicadas nos EUA
EUA

Biden comemora as 200 milhões de doses de vacinas anticovid aplicadas nos EUA

Argentina supera os 60 mil mortos por covid em pleno auge de contágios
Coronavírus

Argentina supera os 60 mil mortos por covid em pleno auge de contágios