Otan

Kosovo pede a Biden ajuda para entrar na Otan

"A adesão do Kosovo à Otan tornou-se imperativa", escreve em carta para Biden a presidente da ex-província sérvia, Vjosa Osmani Sadriu

Presidente de Kosovo, Vjosa Osmani SadriuPresidente de Kosovo, Vjosa Osmani Sadriu - Foto: Reprodução / Redes sociais

Kosovo pediu ajuda ao presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, para ingressar na Otan, uma adesão que agora é "imperativa" de acordo com esta ex-província sérvia, devido à invasão da Ucrânia pela Rússia.

Em uma carta dirigida a Biden, à qual a AFP teve acesso, seu colega kosovar Vjosa Osmani Sadriu alerta contra as tentativas de "desestabilização" do Kosovo e da frágil região dos Balcãs por parte da Rússia.

"A adesão do Kosovo à Otan tornou-se imperativa", escreve Osmani. 

"Expressamos nossa esperança e expectativa de que os Estados Unidos usem sua liderança e influência para apoiar o complexo processo de adesão à Otan de Kosovo", enfatizou.

A Rússia se opõe fortemente ao Kosovo desde a guerra entre rebeldes pró-independência e forças sérvias, que foram expulsas do território em 1999 por uma campanha de bombardeios liderada pelos EUA. Assim como Belgrado, Moscou não reconhece Kosovo.

Veja também

Estado que "falhou" em execução com injeção letal tem lei que permite "pelotão de fuzilamento"
SERIAL KILLER

Estado que "falhou" em execução com injeção letal tem lei que permite "pelotão de fuzilamento"

Ex-professora doa US$ 1 bilhão para bancar mensalidade de todos os alunos de faculdade de medicina
Estados Unidos

Ex-professora doa US$ 1 bilhão para bancar mensalidade de todos os alunos de faculdade de medicina