A-A+

Lei proíbe carros a combustão em Fernando de Noronha

Arquipélago é o primeiro lugar do Brasil a banir veículos do tipo

Reunião ocorreu no Palácio do Campo das PrincesasReunião ocorreu no Palácio do Campo das Princesas - Foto: Heudes Regis/SEI

A partir de 10 de agosto de 2022 nenhum carro que faça combustão poderá entrar na ilha de Fernando de Noronha. A lei, conhecida como Noronha Carbono Zero, foi sancionada pelo governador de Pernambuco, Paulo Câmara, nessa terça-feira (7). Já a partir de 10 agosto de 2030 não será permitida também a circulação de veículos do tipo.

A regulamentação abrange carros que emitam dióxido de carbono. Ou seja, aqueles movidos a gasolina, álcool e óleo diesel. Fernando de Noronha torna-se então o primeiro lugar do Brasil a banir carros a combustão. Apenas transportes elétricos poderão circular no arquipélago a partir de 2030. A lei não se aplica a embarcações, aeronaves e tratores ou outros veículos automotores "destinados a puxar ou arrastar maquinaria, executar trabalhos de construção ou de pavimentação, serviços portuários e aeroportuários".

Leia também:
Operação encontra aves mortas e galos feridos em Noronha
Onda Sustentável movimenta o arquipélago de Fernando de Noronha


A cerimônia de assinatura ocorreu no Palácio do Campo das Princesas e contou com a presença do administrador de Fernando de Noronha, Guilherme Rocha. Segundo o gestor, a meta é livrar a ilha da poluição ambiental. “O nosso objetivo é zerar a emissão do carbono na ilha até 2030, conforme as premissas do Noronha + 20, que são regidas pela sustentabilidade em diversas áreas da gestão pública. Noronha Carbono Zero, através dos carros elétricos, é apenas o início de novas opções sustentáveis para a mobilidade e a matriz energética da ilha”, frisou.

Parcerias
Em parceria com a Renault Brasil, Fernando de Noronha conta atualmente com seis veículos de três modelos movidos a eletricidade. A gestão também firmou parceria com o Centro Brasil no Clima (CBC), a Plataforma Circularis – rede colaborativa de incentivo à economia circular - e com o Sinspire – hub de inovação, cultura e sustentabilidade -, durante a Conferência Brasileira de Mudança do Clima (CBMC), realizada no Bairro do Recife, área central da capital pernambucana, em novembro de 2019.

Além disso, foi divulgada no início de dezembro a lista preliminar com cem contemplados com a autorização ecológica, que dará direito ao frete social, sem custo algum para o requerente, apenas para primeira entrada do veículo elétrico na ilha, para o transporte de carros elétricos do continente até o arquipélago.

Veja também

'A médica estava constrangida, mas disse que Kit Covid é o protocolo da Prevent', relata jornalista
Denúncia

'A médica estava constrangida, mas disse que Kit Covid é o protocolo da Prevent', relata jornalista

Reforço da Pfizer aumentou em 20 vezes número de anticorpos em vacinados com Coronavac
Pesquisa

Reforço da Pfizer aumentou em 20 vezes número de anticorpos em vacinados com Coronavac