Leopoldo Raposo, presidente do TJPE, participa de reunião com a ministra Cármen Lúcia

Debate sobre o sistema penitenciário vai reunir líderes do Judiciário em Brasília

Foi solicitado oficialmente ao Ministério da Defesa a ampliação do número de beneficiários do auxílio emergencial pecuniárioFoi solicitado oficialmente ao Ministério da Defesa a ampliação do número de beneficiários do auxílio emergencial pecuniário - Foto: Lu Rocha/ Semas-PE

A ministra Cármen Lúcia convocou e o presidente do TJPE, Leopoldo Raposo, vai atender. Adiou todos os compromissos para participar, na quinta, em Brasília, da reunião com a presidente do STF, que parece estar mesmo disposta a resolver a crise do sistema penitenciário no Brasil. Todos os titulares dos Tribunais de Justiça do País, aliás, marcam presença no encontro.

Por conta da viagem, o desembargador pernambucano transferiu a reunião da Comissão de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário, que estava agendada para quinta-feira, para a próxima segunda (16), às 10h, no Palácio da Justiça. O presidente do TJPE, aliás, adianta que o Judiciário de Pernambuco já está atuando na questão. “Nós nos reunimos para pensar de forma preventiva, a fim de evitar que fatos bárbaros infelizmente ocorridos no Amazonas e em Roraima, possam acontecer em Pernambuco. Para isso, todos os atores do processo penal precisam cumprir o papel constitucional cabido. Muitos são os problemas a respeito da situação dos presídios, a exemplo de superlotação ou fragilidade da ressocialização”, diz o magistrado.

Veja também

Pernambuco registra 1.450 novos casos e 29 óbitos por Covid-19
Coronavírus

Pernambuco registra 1.450 novos casos e 29 óbitos por Covid-19

Covid-19: entidade orienta sobre vacinação em pacientes reumáticos
Saúde

Covid-19: entidade orienta sobre vacinação em pacientes reumáticos