Licenciamento de veículos com placa final 3 e 4 termina nesta terça

Impressão do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos só acontece após a quitação dos valores e multas

Área central do Recife ganha 77 novas vagas de Zona AzulÁrea central do Recife ganha 77 novas vagas de Zona Azul - Foto: Arquivo/Folha

Os condutores dos veículos registrados em Pernambuco, com final de placa 3 e 4, devem ficar atentos. O prazo para pagamento do licenciamento 2017 composto do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) - cota única ou 1ª parcela -, taxa de bombeiro, licenciamento e seguro obrigatório, termina nesta terça-feira (14).

A impressão do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV) só acontece após a quitação desos valores e possíveis multas, que devem ser feitos dentro do vencimento para evitar o atraso ou não envio do documento para o endereço cadastrado, caso o proprietário opte por essa modalidade.

O condutor que andar sem o CRLV 2017, após o prazo estabelecido pelo Detran-PE, terá o veículo removido para depósito, além de receber uma multa no valor de R$ 293,47, e ter que arcar com as taxas para a liberação do mesmo. Quem fizer o pagamento do IPVA em cota única terá um desconto de 7% sobre o valor desse imposto.

Quanto à entrega, são duas formas de recebimento, sendo uma via Correios, para quem optar por pagar a taxa de postagem de R$ 16,87 e a outra por meio de agendamento de atendimento para emissão do CRLV no site www.detran.pe.gov.br, onde é possível escolher o posto de atendimento. Os boletos de pagamento já foram enviados para o endereço dos proprietários pelos Correios, mas quem não recebeu por algum motivo ou desejar emitir a guia sem a taxa de postagem pode acessar o mesmo no site do Órgão.

Veja também

Estudo da UnB investiga cepas do coronavírus Sars-CoV-2 encontradas no DF
Coronavírus

Estudo da UnB investiga cepas do coronavírus Sars-CoV-2 encontradas no DF

Plano do governo apresenta metas para reduzir desmatamento na Amazônia
Meio Ambiente

Plano do governo apresenta metas para reduzir desmatamento na Amazônia