A-A+

Livro celebra centenário de Fernando Figueira, fundador do Imip

Diversos personalidades e políticos participaram da solenidade no Instituto Materno Infantil de Pernambuco

Prefeito Geraldo Julio, jornalista Cicero Belmar e presidente do Imip, Silvia RissinPrefeito Geraldo Julio, jornalista Cicero Belmar e presidente do Imip, Silvia Rissin - Foto: Jose Britto/Folha de Pernambuco

Para marcar o encerramento das comemorações do centenário do médico e professor Fernando Figueira foi lançado, na noite desta terça-feira (4), um livro em sua homenagem. A data foi escolhida porque se estivesse vivo o fundador do Instituto Materno Infantil de Pernambuco (Imip) completaria 101 anos em 4 de fevereiro. Editado pela Cepe e escrito pelo jornalista Cicero Belmar, o livro “Professor Fernando Figueira - 100 anos” conta a história desse português que teve a maior parte da sua vida traçada em terras brasileiras. Diversos personalidades e políticos, como o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, e o prefeito do Recife, Geraldo Julio, participaram da solenidade.

Diplomado pela Faculdade de Medicina do Recife, em 1940, Fernando Jorge Simão dos Santos Figueira, teve sua vida pautada na medicina social. Para a presidente do Imip, Silvia Rissin, o livro é uma forma de perpetuar o legado deixado por Figueira. "É importante a gente poder repassar esse exemplo e ter outras pessoas se inspirando nele. No Imip sempre buscamos manter os preceitos éticos, a filosofia de trabalho, o tratamento dado aos pacientes e acompanhantes ensinados por Figueira. Ele fazia questão de um atendimento digno, à altura do ser humano que muitas vezes vinha cansado, de lugares longínquos, com fome. Seria bom que outros Fernandos Figueiras surgissem nas vidas das pessoas".

Leia também:
Fundador do Imip, doutor Fernando Figueira é homenageado em Alagoas
Selo homenageia Fernando Figueira


Ao longo de sua carreira como médico e professor, Fernando Figueira sempre vislumbrou o sonho de construir um hospital-escola, de caráter filantrópico, destinado a atender a população carente, e em 1960, esse sonho foi concretizado através da sua grande obra: o Imip. O escritor do livro, Cicero Belmar, afirma que a obra resgata um momento importante da história brasileira. "Fernando Figueira trabalhou não só em favor da criança e da mãe, mas também em favor da pesquisa, do cidadão brasileiro, da educação", fala. Cicero Belmar afirma que o leitor vai encontrar um exemplo de cidadão que soube empregar o seu conhecimento em favor da mãe, da criança desassistida, da educação e do ensino brasileiro.

Fernando Figueira morreu aos 84 anos, na casa onde morava. Durante sua carreira, ele realizou célebres obras em prol da saúde, especialmente em benefício das pessoas carentes. Antônio Carlos Figueira, o quinto dos nove filhos do professor, nasceu no ano de criação do Imip (1960). Ele conta que o livro é um registro importante da trajetória de um homem público singular que dedicou toda a vida à causa da saúde pública de Pernambuco. "Meu pai realizou diversas ações em favor da população mais desassistida do Estado. Ele tem sido um fonte permanente de inspiração para todos aqueles que foram tocados pela sua ideologia", comentou Antônio Carlos.

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara, destacou que Fernando Figueira foi um dos grandes responsáveis por avanços no combate à mortalidade infantil. "Ele deixou muitos discípulos que veem fazendo com que a medicina e a saúde pública materno-infantil continuem sendo referência em Pernambuco", falou. Já o prefeito do Recife, Geraldo Julio, disse que ele foi precursor do SUS no país. "Temos hoje o programa Saúde da Família, espalhado por todo o Brasil. que começou aqui no Recife com uma ação dele, que iniciou essa atenção básica dentro dos bairros próximo as casas das pessoas", falou Geraldo.

Toda a verba arrecadada com a venda do livro será revertida para o Imip. A obra pode ser encontrada nos quiosques do instituto nos principais shoppings do Grande Recife, na própria sede do Imip e futuramente nas livrarias. Também é possível fazer o pedido pelo telefone (81) 2122-4704.

Veja também

Covid-19: 20 milhões estão com a segunda dose da vacina atrasada
Campanha de vacinação

Covid-19: 20 milhões estão com a segunda dose da vacina atrasada

Inteligência dos EUA adverte que mudança climática é ameaça à segurança nacional
Casa Branca

Inteligência dos EUA adverte que mudança climática é ameaça à segurança nacional