Lugares cinematográficos para visitar em Paris, na França

Em uma das cidades mais filmadas do mundo, cada esquina parece ter sido imortalizada em sequências de cenas. A coluna Vamos Viajar selecionou alguns filmes

Café des Deux Moulins (15, rue Lepic – 75018), onde trabalha a personagem principal de "O Fabuloso Destino de Amélie Poulain"Café des Deux Moulins (15, rue Lepic – 75018), onde trabalha a personagem principal de "O Fabuloso Destino de Amélie Poulain" - Foto: Priscilla Aguiar/Portal FolhaPE

Esta é, sem dúvida, uma semana em que muitos queriam estar nas ruas da França, onde é comemorada a entrada do país no seleto grupo de seleções bicampeãs de futebol do mundo. Reconhecido mundialmente por sua gastronomia, variedade geográfica e pelo seu legado cultural e arquitetônico, o país, de acordo com a Organização Mundial de Turismo, recebe mais de 80 milhões de turistas estrangeiros anualmente.

Engana-se quem acha que o turismo na França se resume apenas a sua capital. Há inúmeros roteiros incríveis pelo interior e litoral, como as belas praias da Riviera Francesa, os parreirais e catedrais da região de Champagne e os campos de lavanda na região de Provence. Mas a seleção campeã da Copa da Rússia mostrou ao mundo uma França multiétnica que reflete o que se vê, principalmente nas ruas de Paris.

imigrantes, filhos de imigrantes e dezenas de nações envolvidas, o que ajudou a deixar a Cidade Luz diversa, de todas as maneiras imagináveis. Distinta quando se fala em população, cultura, negócios e paisagem, a capital da França tem muito a mostrar. Talvez por isso seja um dos lugares mais filmados do mundo. Cada esquina parece ter sido imortalizada em sequências de cenas. A coluna Vamos Viajar selecionou alguns filmes para assistir antes e depois de uma viagem a Paris.

Leia também:
França ou Bélgica? Conheça os países que se enfrentaram pela Copa
Viajar sozinho parece assustador, mas é surpreendente e divertidíssimo


Antes do Pôr do Sol (2004)
Before Sunset, romance com Ethan Hawke e Julie Delpy

Antes do Pôr do Sol (2004)


Quem gostou do primeiro filme – Antes do Amanhecer, de 1995 – em que Jesse (Ethan Hawke) e Céline (Julie Delpy) passam o dia juntos em Vienna, na Áustria, certamente vai gostar da sequência gravada em Paris. Eles caminham em um dia ensolarado no coração da cidade e dão a impressão de que estamos fazendo companhia a eles.

Depois de um encontro por acaso no lançamento do livro de Jesse, na livraria Shakespeare & Company (37 rue de la Bûcherie – 75005), Jesse e Celine tomam um café juntos no Le Pure Café (14, rue Jean Mace – 75011), onde ele pede um café e ela um citron pressé (limão espremido). O apartamento de Céline fica na Cour de l’Étoile d’Or, perto da Bastilha, na rua do Faubourg St. Antoine, no 11º arrondisement.

Quem quiser ter um dia como o do escritor e a ambientalista também pode fazer um cruzeiro pelo Rio Sena, uma ótima maneira de conhecer Paris de um ângulo diferente. É uma boa pedida para um dia de sol ou fim de tarde, quando as luzes da cidade acendem. Reservar o bilhete pela internet é mais barato, além de evitar filas.

O Código da Vinci (2006)
The Da Vinci Code, com Tom Hanks e Audrey Tautou

O Código da Vinci (2006)


Sucesso de bilheterias em mais de 15 países, a adaptação do best-seller de Dan Brown mostra o professor de simbologia Robert Landgon (Tom Hanks) tentando decifrar um misterioso assassinato no Museu do Louvre, revelando segredos controversos sobre a vida de Jesus Cristo. Tendo como obras de arte mais populares a Monalisa, a Vitória de Samotrácia e a Vênus de Milo, o Louvre é um dos museus mais visitados do planeta.

É possível evitar filas por lá comprando o Musem Pass, que dá acesso a mais de 50 museus e monumentos de Paris e arredores. Ele custa 48 Euros para dois dias, 62 Euros para quatro dias e 74 Euros para seis. O uso deve ser consecutivo, ou seja, se você pular um dia, não tem como usar posteriormente. Antes de comprar o passe leve em conta que a Torre Eiffel não faz parte e que é gratuito entrar na Catedral de Notre Dame. Se a sua estadia é de poucos dias, comprar os tickets avulsos deve sair mais barato. É possível comprar com antecedência os tickets nos sites oficiais de cada museu ou monumento e evitar as filas. Quase todos os museus e monumentos são gratuitos para menores de 18 anos.

O Fabuloso Destino de Amélie Poulain (2001)
Le Fabuleux Destin d’Amélie Poulain, com Audrey Tautou e Mattieu Kassovitz

 

O Fabuloso destino de Amelie Poulain


O filme é um dos mais delicados e criativos do cinema francês e retrata Paris como uma cidade romântica, colorida, com personagens fabulosos. A história é ambientada principalmente no bairro de Montmartre, que parece uma espécie de vilarejo dentro de Paris. Em alguns aspectos lembra as ruas históricas e enladeiradas de lugares como Olinda (Pernambuco) e Santa Tereza (Rio de Janeiro).

A vida de Amélie gira em torno do bairro boêmio. A personagem trabalha no Café des Deux Moulins (15, rue Lepic – 75018), que se manteve fiel ao que é visto no filme. A impressão é de que Amélie pode aparecer a qualquer momento, cultivando o seu gosto pelos pequenos prazeres e quebrando a casquinha do crème brûlée com uma colher antes de sair para enfiar a mão num saco de grãos e jogar pedras no canal St. Martin. É muito bom caminhar por Montmartre sem preocupação com relógio e roteiro. Mas, para fazer um tour como se estivesse no filme, é possível alugar uma vespa por um dia. Custa cerca de 25 Euros.


Maria Antonieta (2006)
Marie Antoinette, com Kirsten Dunst

Maria Antonieta (2006)

A sua visita ao Castelo de Versalhes será diferente depois deste filme de Sofia Coppola sobre a rainha Maria Antonieta. A maior parte foi rodada no palácio, sob autorização especial do governo francês. Baseado em um livro biográfico de Antonia Fraser, que tenta falar do lado mais humano da personagem-foco, o filme aborda de uma forma interessante a vida na corte e a história de Luís XVI e Maria Antonieta até o início da Revolução Francesa.

O Salão de Espelhos estava em restauração na época das filmagens. Mesmo assim, foi gravada nele a cena de baile do casamento entre a rainha conhecida pela sua cabeleira loira, usada geralmente armada em penteados extravagantes, e o último rei da França antes da Revolução Francesa. A seleção do figurino para o filme é extremamente rico de informação da época e descreve como a rainha entrou para a história da indumentária com a migração do estilo Barroco para o Rococó.

Classificado há mais de 30 anos no Patrimônio Mundial da Humanidade, o palácio é visita obrigatória para quem desembarca em Paris. Ele fica um pouco distante, a cerca de 30 minutos de metrô, mas uma busca no google maps mostra exatamente quais linhas você deve pegar saindo do local em que estiver hospedado. O castelo, que reflete a riqueza, poder e excessos da corte francesa, é uma das mais bonitas realizações do século XVII. Além da famosa Galeria dos Espelhos, tem a Capela Real, a galeria das Batalhas, os apartamentos das Damas e a galeria de História.

Não deixe de comprar o bilhete que inclui a visita aos Domínios de Antonieta. O Petit Trianón é um palácio campestre que foi usado por ela para escapar da luxuosa vida na corte. Construído entre 1762 e 1768, é considerado uma joia do neoclássico francês e mostra uma mudança radical nos costumes da monarquia francesa. Nele, a rainha recebia amigos e amantes. Além do palácio e do jardim que era o queridinho da rainha, o cantinho de Antonieta tem ainda uma mini-fazenda (Aldeia) com moinho, estábulo, fábrica de queijos e horta, onde ela era vista ordenhando suas vaquinhas, além de um lago artificial com criação de peixes, e o Templo do Amor, com uma escultura de Eros talhando seu arco a partir do bastão de madeira que ele havia roubado de Hércules. Casais costumam se sentar nos degraus do templo para fazer suas juras de amor e até pedidos de casamento.

Moulin Rouge: Amor em Vermelho (2001)
Moulin Rouge: amor em vermelho, com Nicole Kidman e Ewan McGregor

Moulin Rouge


A coisa mais importante que se pode aprender é apenas amar e ser amado de volta. A frase define a obra repleta de cores e sequências intensas do diretor Baz Luhrmann. Com referências à belle époque, às cortesãs célebres de Paris,ao absinto e ao romantismo, o filme faz você querer assistir a um espetáculo do cabaré do Moulin Rouge quando estiver em Paris.

O romance proibido entre uma cortesã e um jovem escritor conquistou público e crítica por seus belos cenários e figurinos. Além de arrecadar quase US$ 180 milhões nas bilheterias mundiais, Moulin Rouge venceu duas estatuetas do Oscar: melhor direção de arte e melhor figurino. Kidman também levou um Globo de Ouro por sua performance.

Situado na altura da Place Blanche, o Moulin Rouge se encontra no limite do bairro de Montmartre. No Boulevard de Clichy, a proximidade com a Place Pigalle e com o Museu do Erotismo contribui para sua reputação. 

Códigos e descontos para hospedagens
R$ 130 em desconto no Airbnb
Crédito de R$ 40 no Booking

Contato:
E-mail: [email protected]
Instagram: @ahvamosviajar
Facebook: /AhVamosViajar
Youtube: c/Ahvamosviajar


* Priscilla Aguiar é jornalista, editora adjunta do Portal FolhaPE e criadora dos perfis 'Ah, vamos viajar' no Instagram, Facebook e Youtube com dicas, fotos e vídeos de suas passagens por pelo menos 17 países. 

 

Veja também

Nise Yamaguchi processa senadores de CPI e pede ao menos R$ 320 mil por danos morais
CPI da Covid

Nise Yamaguchi processa senadores de CPI e pede ao menos R$ 320 mil por danos morais

São João: dicas para amenizar o desconforto dos pets com os fogos
Folha Pet

São João: dicas para amenizar o desconforto dos pets com os fogos