Lula ainda é forte, mas não mete medo

Jair Bolsonaro e Ciro Gomes podem crescer no vácuo da oposição como candidatos a presidente da República em 2018

Inaldo SampaioInaldo Sampaio - Foto: Colunista

Pesquisa do MDA encomendada pela CNT aponta o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva liderando as intenções de voto à sucessão de Michel Temer tanto no primeiro como no segundo turnos. Os números deixaram os petistas animados porque o partido vive uma grave crise de imagem desde o episódio do mensalão e o seu maior líder é réu na Operação Lava Jato. No entanto, ainda é cedo para “cantar vitória” em 2018 por um conjunto de razões. Primeira, não se sabe sequer quem estará no páreo naquela eleição. Lula terá sido condenado ou absolvido? Se a condenação for por órgão colegiado, ele será enquadrado na Lei da Ficha Limpa. Segunda, o candidato do PSDB será Aécio Neves ou Geraldo Alckmin? Se for este último, a parada será bem mais dura (para o PT). Terceira, Jair Bolsonaro e Ciro Gomes podem crescer no vácuo da oposição. Ma tudo isso são conjecturas porque o quadro só vai clarear a partir de junho de 2018.

Jair Bolsonaro e Ciro Gomes podem crescer no vácuo da oposição como candidatos a presidente da República em 2018

Aprovação e rejeição
Como político mais conhecido do Brasil, é natural que Lula tenha aparecido na pesquisa da CNT (Confederação Nacional do Transporte) com 30,5% de intenções de voto. Afinal, ele disputou cinco eleições seguidas (1989, 1994, 1998, 2002 e 2006), tendo perdido as três primeiras e vencido as duas últimas. E entregou o governo a Dilma em 1º de janeiro de 2011 com cerca de 90% de aprovação.

Suplência > A votação obtida por Albérisson Carlos em 2106 como candidato a vereador no Recife pelo PSDB/PSL (4.295 votos) é o que o anima a disputar uma vaga em 2018 na Alepe, embora ele negue. O presidente da Associação de Cabos e Soldados obteve mais votos que o eleito pelo PEN Benjamin da Saúde (3.772).
Noventão > Muitos ex-assessores de Germano Coelho assistiram ontem à missa em ação de graças pelos seus 90 anos no Convento de Santa Teresa, em Olinda, de onde ele foi prefeito duas vezes.
Aula > Marcos Antonio Rios da Nóbrega, professor da Faculdade de Direito da UFPE, voltou recentemente da Europa onde proferiu aulas sobre Direito de Infraestrutura em Lisboa, Londres e Berlim.

Perfil > Carlos Velloso, novo ministro da Justiça, foi o relator no STF do “Processo dos Precatórios, do qual mandou excluir Miguel Arraes e Eduardo Campos por absoluta falta de “justa causa”.
Bloco > Chefe de gabinete do ex-deputado Ranilson Ramos na Assembleia Legislativa, Danilo Mororó resolveu mostrar este ano o seu lado “compositor”. Fez letra e música do bloco “A anágua da mamãe”, que sairá pela primeira vez, amanhã, a partir das 13h, do restaurante Antiquárius (Rua do Cupim).
Benvinda! > Natural de Sertânia, o deputado Gonzaga Patriota (PSB) estará lá, na manhã deste sábado (18), para esperar a chegada da água do São Francisco, que cruzará a fronteira do município em direção a Monteiro (PB). Patriota costuma dizer que nasceu em Sertânia, cresceu em Salgueiro e “virou gente” em Petrolina.
Quem são? > André Fufuca (PP-MA), o deputado que derrotou Eduardo da Fonte (PP-PE) na disputa pela 2ª vice-presidência da Câmara Federal, é médico e se elegeu deputado estadual pelo PSDB em 2010 com 21 anos de idade. Já João Henrique Caldas (PSB-AL), que derrotou João Fernando Coutinho (PSB-PE) na briga pela 3ª secretaria, foi prefeito de Ibateguara (AL) e está na Câmara Federal desde 2003, já tendo pertencido ao PMDB, PMN, PL e PSDB.


Veja também

Codecipe registra seis desalojados e sete desabrigados após chuvas do fim de semana

Codecipe registra seis desalojados e sete desabrigados após chuvas do fim de semana

Bolsonaro diz que Fiocruz entrega mais 18 milhões de vacinas esse mês

Bolsonaro diz que Fiocruz entrega mais 18 milhões de vacinas esse mês