LUTO: morre o empresário e ex-ministro Armando Monteiro Filho

Ele faleceu em casa, aos 92 anos, nesta terça-feira (2)

O ex-ministro deixa um grande legado à história de Pernambuco e do Brasil O ex-ministro deixa um grande legado à história de Pernambuco e do Brasil  - Foto: Folha PE

Os mundos político e social do Estado e do País de luto com a morte do empresário e ex-ministro Armando Monteiro Filho. Ele faleceu na manhã desta terça-feira (2), em casa, aos 92 anos. Genro do ex-governador Agamenon Magalhães, Armando Monteiro Filho dividiu as atividades de empresário com a política. Foi deputado estadual, deputado federal e ministro da Agricultura no governo João Goulart.

Casado com Do Carmo Monteiro, é pai de seis filhos: o presidente do Grupo EQM, Eduardo Monteiro, Maria Lectícia, Sérgio (falecido aos 15 anos), Horácio, Cláudio, e o senador Armando Monteiro Neto (PTB). 

VELÓRIO 

Família e amigos reúnem-se nesta terça-feira (2), das 16h às 19h, na Capela Nossa Senhora das Graças, no Instituto Ricardo Brennand, para a despedida. Nesta quarta (3), haverá missa no Cemitério Morada da Paz, às 10h, e, depois, às 11h, cremação. 

HISTÓRIA

Filho de Armando de Queiroz Monteiro e de Maria José Dourado de Queiroz Monteiro, estudou engenharia na Universidade do Recife, ingressando em 1945. Participou ativamente da política estudantil. Em 1954 foi eleito o deputado federal mais votado em Pernambuco. Foi ministro da agricultura no governo de João Goulart, de 8 de setembro de 1961 a 26 de junho de 1962, nomeado pelo então primeiro-ministro Tancredo Neves.

Leia mais:  Morre o empresário e ex-ministro Armando Monteiro Filho

Veja também

Brasil  confirma 43,2 mil novos casos de Covid-19 e 664 mortes
Boletim

Brasil confirma 43,2 mil novos casos de Covid-19 e 664 mortes

Confira a previsão do tempo para este domingo (6) em Pernambuco
tempo

Confira a previsão do tempo para este domingo (6) em Pernambuco