Desabamento em Olinda

Corpos encontrados nos escombros em Olinda, na noite desta sexta (28), eram de mãe e filha

Desmoronamento seguido de incêndio aconteceu no imóvel na noite desta quinta-feira (27)

Corpos de mãe e filha foram encontrados na noite desta sexta-feira (28)Corpos de mãe e filha foram encontrados na noite desta sexta-feira (28) - Foto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

Os corpos encontrados na noite desta sexta-feira (28), nos escombros do Edifício Leme, no bairro de Jardim Atlântico, em Olinda, eram de Juliana Alves, de 32 anos, e da sua filha, Flávia Rayanne, de 16. 

A mãe foi identificada por Suellen Fernanda Alves, de 32 anos, prima de Juliana, que acompanhava as buscas.

O imóvel, condenado pela Defesa Civil desde março de 2001, sofreu um desmoronamento seguido de incêndio na noite desta quinta-feira (27).

Agora, equipes do Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco (CBMPE) e da Defesa Civil concentram suas buscas exclusivamente para encontrar Maria do Socorro, de 60 anos.

Veja também

Quatro navios dos EUA encalham perto de cais temporário em Gaza
Gaza

Quatro navios dos EUA encalham perto de cais temporário em Gaza

Governo do Rio Grande do Sul sanciona lei que institui plano de reconstrução do Estado
Rio Grande do Sul

Governo do Rio Grande do Sul sanciona lei que institui plano de reconstrução do Estado

Newsletter