este ano

Reeducandos já plantaram mais de 4 mil mudas de árvores no Recife

O objetivo é reinserir o grupo na sociedade e diminuir a reincidência criminal

Plantio de árvores no RecifePlantio de árvores no Recife - Foto: Divulgação/Surama Negromonte

Um total de 4.127 mudas de árvores foram plantadas este ano, nas ruas do Recife. Só na avenida Conde da Boa Vista, reeducandos do regime aberto e livramento condicional auxiliaram no plantio de duas mil mudas das espécies alamandra e dedal de dama.

O grupo, encaminhado pelo Patronato Penitenciário, órgão da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), cuida das plantas na Sementeira do Sítio da Trindade, em Casa Amarela, num cenário verde e tranquilo, com canto de pássaros e muita luz solar.

"É uma oportunidade de enxergar a vida de uma forma diferente, uma atividade laborativa gratificante que ajuda na reintegração à vida em liberdade e contribui com a arborização urbana. Eles têm a satisfação pessoal em trabalhar nessa atividade”, conta o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico.

No local, os apenados aprendem a plantar, cuidar, aguar, limpar e transferir as mudas para as ruas. Na Avnida Conde da Boa Vista, por exemplo, este ano, duas mil mudas chegaram por lá, auxiliadas pela equipe de pessoas que cumprem pena trabalhando.

O trabalho é disponibilizado aos reeducandos por convênio entre o Patronato Penitenciário e a Empresa de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb). O objetivo é reinseri-los na sociedade e diminuir a reincidência criminal.

M. N., que cumpre o regime aberto, dá o toque feminino ao trabalho conversando com as plantas. “Gosto de dar bom dia a elas”, diz sorrindo.

Veja também

Covid-19: Brasil registra 23 milhões de casos e 621 mil mortes
BOLETIM NACIONAL

Covid-19: Brasil registra 23 milhões de casos e 621 mil mortes

Nas últimas 24 horas, Pernambuco registra novos 303 casos de Covid-19
PANDEMIA

Nas últimas 24 horas, Pernambuco registra novos 303 casos de Covid-19