FAMOSOS

Mais rico do mundo, Jay Z, Di Caprio: quem são os clientes VIP que têm "unicórnio da relojoaria"

Modelo de "superluxo" já chegou a ser arrematado em leilão por R$ 32 milhões

Modelo de "superluxo" já chegou a ser arrematado em leilão por R$ 32 milhõesModelo de "superluxo" já chegou a ser arrematado em leilão por R$ 32 milhões - Foto: Reprodução/Instagram

Um detalhe num dos pulsos de Lionel Messi gerou impacto nas redes sociais esta semana. Na segunda-feira, o astro do Inter de Miami saiu para jantar com a mulher, Antonella Roccuzzo, que tirou uma foto descontraída do craque à mesa — e deixou à mostra o relógio de "superluxo" do argentino.

Trata-se de um Patek Philippe Nautilus Tiffany Azul, com edição limitada de 170 unidades. A peça é uma versão do Nautilus 5711, com visor na tradicional cor da joalheria Tiffany & Co, e foi descrita pelo New York Times como "unicórnio da joalheria".

O preço original de venda do modelo foi de US$ 52.635 (R$ 260 mil, na cotação atual). Exclusivos, os exemplares foram oferecidos aos clientes mais VIPs da joalheria americana. Além de Messi, já posaram com o "unicórnio" estrelas como JAY Z, Leonardo Di Caprio, LeBron James, James Harden, Tommy Hilfiger, Ed Sheeran e, claro, Bernard Arnault — atualmente o homem mais rico do mundo, segundo o ranking da Forbes, e CEO da LVMH, conglomerado que inclui a Tiffany's.

Entre os fãs de relógios, o Nautilus é um dos modelos mais populares da marca premium Patek Philippe, localizada em Genebra, na Suíça. Segundo revistas especializadas em joalheria, este modelo foi relançado em 2022 para celebrar sua aliança de longa data com a Tiffany & Co.

 

Sites especializados estimam o valor de revenda na casa dos milhões. Em 2022, a Patek Philippe destacou um dos 170 relógios para um leilão beneficente, em Nova York, em favor da Nature Conservancy.

Na ocasião, o relógio de "superluxo" foi arrematado por US$ 6,5 milhões (R$ 32 milhões), somando lance vencedor e taxas de comissões. O comprador não depositou o dinheiro, e o objeto acabou adquirido pelo "segundo colocado", por US$ 6,2 milhões.

"Os nossos valores não só garantem a perfeição dos nossos relógios, mas também a consistência com que trabalhamos desde a criação da Patek Philippe em 1839. Tudo o que fazemos é baseado na habilidade e criatividade da nossa equipa humana. Todos os nossos relógios são acabados à mão por especialistas que aperfeiçoaram a sua arte durante muitos anos. O domínio técnico, transmitido de geração em geração, é aliado à habilidade e conhecimento natural de nossos artesãos", diz o site da marca. 

Veja também

ANEEL aprova Reajuste Tarifário Anual 2024 da Neoenergia Pernambuco
Neoenergia

ANEEL aprova Reajuste Tarifário Anual 2024 da Neoenergia Pernambuco

'Estamos preparando aumento de salário para todas as carreiras', afirma Lula
negociação

'Estamos preparando aumento de salário para todas as carreiras', afirma Lula

Newsletter