Mamute se credencia a ser o “9” ideal do Náutico

Centroavante foi acionado no decorrer da partida contra o Paysandu, no último sábado

Candidato chegou cedo para votaçãoCandidato chegou cedo para votação - Foto: Jedson Nobre/Folha de Pernambuco

Após o empate sem gols diante do Joinville, duas rodadas atrás, o técnico Givanildo Oliveira destacou a necessidade que o Náutico tinha em se reforçar no ataque, mas precisamente na função do “camisa 9”, o centroavante. As declarações foram motivadas pelo excesso de chances perdidas pelo Timbu no confronto. O tempo passou e a diretoria não trouxe reforços. A saída, então, é permanecer com o grupo atual. E para suprir a lacuna, tem um atacante que está de olho na vaga do time titular.

Acionado no decorrer da partida contra o Paysandu, na vitória do Náutico por 3x1, na Arena Pernambuco, o atacante Yuri Mamute se colocou à disposição de Givanildo para exercer a função no próximo jogo, contra o Paraná, sábado (24), no Durival Britto.

“Tive uma sequência de lesões e fiquei muito tempo parado, sem jogar. Agradeço a Fisioterapia e os ótimos profissionais que me ajudaram. Agora quero ajudar o time a ter uma sequência de vitórias para conseguir o acesso. Todos do grupo querem estar no time titular e cabe ao professor escolher. Se for meu momento, eu vou dar meu máximo”, declarou o jogador.

Mamute chegou ao Náutico sob a indicação do ex-técnico do clube, Alexandre Gallo. Mas o atleta alertou que a mudança no comando técnico não diminuiu seu empenho em brigar por um espaço no time.

“Cada treinador tem uma musica e vou dançar conforme a dele (Givanildo). O que ele optar, vou fazer de braços abertos. Antes de amizade, somos profissionais e quero ajudar grupo do Náutico”, frisou.

Veja também

Rio não terá desfile de blocos de rua no carnaval de 2021
carnaval

Rio não terá desfile de blocos de rua no carnaval de 2021

Brasileira está entre as vítimas de atentado na França, informa Itamaraty
internacional

Brasileira está entre as vítimas de atentado na França