Saúde

Mangostim: fruta eleita melhor do mundo é rica em antioxidantes e tanino; conheça

Propriedades medicinais do alimento são aproveitadas em países asiáticos

MangostimMangostim - Foto: @user2386360/Freepik

Originária da Indonésia, o mangostim é uma fruta reconhecida pelas propriedades medicinais em diversos países asiáticos. Com propriedades adstringentes, anti-inflamatórias e antioxidante, a fruta é prescrita como tratamento para desinteira e cólera. No país de origem, é usada para tratar febre alta. A casca, rica em tanino, é aproveitada pela indústria têxtil.

Eleita a melhor fruta do mundo pelo site TasteAtlas, o mangostim desbancou a concorrente brasileira, que ficou em segundo lugar: a jabuticaba. Também conhecida como mangostão, a fruta tem um sabor ‘doce com leves notas de acidez’.

Estudos preliminares conduzidos pelo Hospital Memorial Sloan-Kettering Cancer Center indicam que o mangostim poderia ser um bom aliado no tratamento de câncer. A afirmação, entretanto, ainda carece de estudos clínicos que possam comprovar os benefícios do alimento para esta condição.

Também é popular na Malásia, no Brunei e no Timor Leste. A fruta tropical é caracterizada pela casca firme e roxa escura, rica em tanino. O interior tem gomos brancos e macios. Chegou ao Brasil na década de 1940 e tem produção na Bahia, Pará e, em menor escala, no Espírito Santo.

Segundo o TasteAtlas, o mangostim tem uma textura ‘macia, suculenta e delicada’. Conhecida como a rainha das frutas, é considerada uma iguaria. Nos países de origem, ela é consumida crua ou transformada em uma conserva, conhecida como halwa manggis na Malásia. Os chineses acreditam que o mangostin é ‘refrescante’ para o corpo.

Até 2007, a importação da fruta era ilegal nos Estados Unidos, porque autoridades temiam uma infestação de mosca-da-fruta oriental, considerada uma peste na economia local.

A árvore faz parte da família Guttiferae e é considerada extremamente difícil de cultivar, com adaptação apenas em climas tropicais. O tronco central reto pode atingir uma altura de até 12 metros. Apesar das mudas frágeis, as árvores que prosperam desenvolvem galhos baixos e folhagem exuberante, o que proporciona boas sombras.

Veja também

Advogado de 77 anos mata eletricista no bairro de Parnamirim, na Zona Norte do Recife
Homicídio

Advogado de 77 anos mata eletricista no bairro de Parnamirim, na Zona Norte do Recife

'Quem vai me chamar de mãe agora?', diz palestina que perdeu bebês gêmeos em bombardeio em Gaza
GUERRA NO ORIENTE MÉDIO

'Quem vai me chamar de mãe agora?', diz palestina que perdeu bebês gêmeos em bombardeio em Gaza