Manifestantes se reúnem no Centro do Recife em prol da Amazônia

O ato acontece em diversas capitais do país e Recife é uma delas, com o 'Amazônia na Rua'

Manifestação em prol da AmazôniaManifestação em prol da Amazônia - Foto: Reprodução/Folha de Pernambuco

Em um movimento iniciado pelo Twitter, manifestantes realizam protestos, neste sábado (24), em defesa da Amazônia. O ato acontece em diversas capitais do país e Recife é uma delas, com o “Amazônia na Rua”. O protesto é uma resposta às recentes notícias sobre desmatamento e queimadas na Floresta Amazônica

Com concentração iniciada às 14h, os manifestantes ocuparam a rua da Aurora, na área central da cidade, e seguiram em direção ao Marco Zero do Recife.

Leia também:
Discurso de Bolsonaro sobre Amazônia passa ideia de apoio ao desmatamento, diz Maia
Desmatamento cresce 15% nos últimos 12 meses, diz ONG
Discurso do desmatamento é mecanismo europeu para criar barreiras ao Brasil, diz Onyx


No ato, os participantes gritaram pedidos de "justiça climática" em defesa da Amazônia. Além disso, colocaram em pauta a fiscalização do desmatamento ilegal e a demarcação dos territórios indígenas. "É muito importante ter a floresta em pé, ainda mais pela população indígena e por toda biodiversidade e manutenção do clima do planeta", disse Ana Carolina Almeida, participante da manifestação.

Pautas como a compra do pequeno negócio, a alimentação livre de animais, os indígenas e as populações mais vulneráveis também fizeram parte das discussões no ato.

Foi-se colocado em pauta a necessidade das pessoas de entenderem a grandiosidade do problema. "Sentimos a necessidade de vir para as ruas para que esse assunto chegue à população e que ela entenda como impacta na vida delas", ressaltou a manifestante Cristina Costa.

Os participantes, além de faixas e cartazes, levaram às ruas sacos plásticos, com o objetivo de recolher o lixo encontrado na via. “É uma simples ação com o intuito de conscientizar as pessoas, para que acordem para tudo o que está acontecendo. Começamos hoje todo esse ato em prol da Amazônia, mas espero que isso tenha uma proporção bem maior”, comenta a manifestante Crislaine Karlla.

A Marcha das Vadias, movimento feminista que está em seu 9º ano desfilando pelas ruas do recife em prol de igualdade, respeito, também se juntou ao ato.

Com cartazes em defesa da Amazônia e do meio ambiente, o grupo caminhou pelas ruas do centro e seguiu até o Marco Zero, onde o protesto foi encerrado por volta das 18h30.

Veja também

Família busca comerciante que desapareceu no bairro de Jardim São Paulo
Desaparecido

Família busca comerciante que desapareceu em Jardim São Paulo

34% dos alunos de 15 anos reprovaram ao menos uma vez, diz OCDE
educação

34% dos alunos de 15 anos reprovaram ao menos uma vez, diz OCDE