Maracatus levam bandeiras sociais ao domingo pré-Carnaval no Recife

Diversidade sexual e religiosa, inclusão e combate às drogas foram algumas das causas defendidas

Maracatus se apresentam no Bairro do RecifeMaracatus se apresentam no Bairro do Recife - Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

No domingo (4) da semana  pré-Carnaval foi o maracatu o ritmo mestre da folia no Bairro do Recife. Entre as agremiações, muitas colocaram bandeiras sociais importantes nos desfiles como a da diversidade sexual e religiosa, inclusão e combate às drogas.

O Maracatu Fantástico A Cabra Alada trouxe para o desfile mais de 130 integrantes com figurino assinado pelo artista plástico João Neto. Nos trajes, o tradicional lilás da agremiação que já tem 22 anos, mas também a presença do arco-íris. “O nosso desfile desse ano é contra a intolerância religiosa e sexual, contra esses episódios de crueldade que ainda cercam a nossa sociedade e devem acabar. Temos que respeitar a liberdade”, disse o diretor Valdson Silva. 

Leia também:
[Fotos] Olinda Beer atrai multidão de brincantes neste domingo
Carnaval de Pernambuco terá efetivo policial 32% maior


Com 60 integrantes, irreverência nos trajes e garra, Elaine Torres puxava o maracatu Ogum Onilê composto em maioria por jovens de escolas públicas em situação de vulnerabilidade social. “Nossa proposta é fazer um resgate de crianças e adolescentes envolvidos com drogas através do maracatu. É um trabalho muito puxado”, disse Elaine.

Quem acompanhava os desfiles pelas ruas do Recife Antigo seu rendeu à frenética batida das alfaias. “Somos de São José da Coroa Grande (no litoral do Estado) e não podíamos deixar de vir por aqui na semana pré. Muito bom. Voltaremos no Carnaval”, contou o assessor parlamentar Sindiclécio Costa, 30. “Ninguém resiste. Esse som é bom demais. A gente só pode sair dançando”, comentou a dona de casa Eliane Santana, 53.

Veja também

Ataque suicida perto de escola deixa 18 mortos no Afeganistão
TERROR

Ataque suicida perto de escola deixa 18 mortos no Afeganistão

Espanha considera 'estado de alarme' por Covid-19; Madri impõe novas restrições
Coronavírus

Espanha considera 'estado de alarme' por Covid-19; Madri impõe novas restrições