Maranhão mantém suspensão das atividades na Grande São Luís, mas dá autonomia a municípios

Decisão foi tomada pelo governador do Estado, Flávio Dino. neste sábado (11)

Governador do Maranhão, Flávio DinoGovernador do Maranhão, Flávio Dino - Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

O governador Flávio Dino (PCdoB) editou decreto neste sábado (11) que mantém a suspensão do comércio e atividades não essenciais na Ilha de São Luís (MA) até o dia 20 de abril. Isso porque a região concentra 94% dos casos confirmados e 100% das mortes causadas pela Covid-19 no estado.

Já nas cidades onde não há registros de casos ou com uma quantidade muito reduzida, os prefeitos terão autonomia para decidir se permitem as atividades econômicas -sempre seguindo as orientações e normas sanitárias.

Se houver aumento de casos em alguma região, o Governo poderá editar novas normas restritivas.

Também foi mantido até o dia 26 de abril a suspensão das aulas em todo o Maranhão, além das viagens interestaduais de ônibus.

 

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 Leia também:

MAM do Rio demite dez empregados em meio à pandemia do coronavírus 

 

Veja também

Eficácia da vacina anticovid da Moderna cai ligeiramente para 90% em teste nos EUA
Coronavírus

Eficácia da vacina anticovid da Moderna cai ligeiramente para 90% em teste nos EUA

Câmara aprova que medidas protetivas sejam registradas pela polícia
Proteção à mulher

Câmara aprova que medidas protetivas sejam registradas pela polícia