Marcela Temer entrou em lago para salvar cão de estimação de Michelzinho

Ela chegou a pedir ajuda a uma servidora da segurança do Palácio, mas não foi atendida

Marcela salvou o pequeno cachorro Piculy, da raça jack russelMarcela salvou o pequeno cachorro Piculy, da raça jack russel - Foto: Divulgação

A primeira-dama do Brasil, Marcela Temer, entrou em um lago, no Palácio da Alvorada, para tentar salvar um cãozinho. A notícia parece vinda de algum site com notícias inventadas, mas o fato aconteceu. Marcela entrou de roupa na água para retirar seu cão, que foi salvo. De acordo com a assessoria de imprensa do Palácio do Planalto, ela chegou a pedir a ajuda da segurança, mas não foi atendida. A agente do GSI (Gabinete de Segurança Institucional) foi deslocada de sua função depois de não ter ajudado. A decisão de deslocar a agente se deu pelo GSI, que viu risco para a primeira-dama, segundo a assessoria. A servidora foi destacada para outra função, dentro do gabinete.

O episódio ocorreu no fim de abril, mas só veio a público neste fim de semana, em nota publicada pelo jornal O Globo. Marcela passeava com o filho Michelzinho, caçula do presidente Michel Temer, e com o cachorro, Piculy, da raça jack russell. O cão é de Michelzinho e é presente de um dos netos do deputado federal Heráclito Fortes (PSB-PI).

Veja também

Saiba como é o programa de vacinação em países europeus
Vacina

Saiba como é o programa de vacinação em países europeus

Nos últimos dois meses, Pernambuco perdeu mais de 100 pessoas por semana para a Covid-19
Pandemia

Nos últimos dois meses, Pernambuco perdeu mais de 100 pessoas por semana para a Covid-19