Thais IV

Marinha segue buscas por quatro tripulantes ainda desaparecidos após naufrágio de navio

Dois navios patrulhas e uma aeronave já cobriram, durante as buscas, uma área equivalente a 4,1 mil km²

Embarcação Thaís IV atracada no Porto do RecifeEmbarcação Thaís IV atracada no Porto do Recife - Foto: Reprodução/WhatsApp

Seguem, de forma ininterrupta, as buscas pelos quatro tripulantes ainda desaparecidos do navio Thais IV, que naufragou a cerca de 60 milhas náuticas (equivalente a 111 quilômetros) da cidade de Cabedelo, na Paraíba, após sair do Porto do Recife em direção ao arquipélago de Fernando de Noronha

A Capitania dos Portos de Pernambuco informou, nesta sexta-feira (24), que dois navios-patrulhas e uma aeronave já cobriram, durante as buscas, uma área equivalente a 4,1 mil km².

De acordo com a Capitania, um inquérito foi aberto para apurar causas e circunstâncias do ocorrido. Ainda não há informações oficiais sobre o que pode ter motivado o naufrágio.

Os quatro tripulantes já resgatados chegaram ao Porto do Recife na manhã da quinta-feira (23)

O Porto do Recife, por meio de nota oficial, informou que a embarcação costumava atracar no terminal a cada duas semanas para embarcar suprimentos para Fernando de Noronha

O barco zarpou da capital pernambucana com "100 toneladas de materiais diversos" às 14h20 de terça-feira (21) e deveria chegar na manhã de quarta-feira (22) a Fernando de Noronha. No entanto, por volta das 4h30 da quarta, a tripulação perdeu contato com o continente.

Segundo o Porto do Recife, o comandante da embarcação informou que a manutenção estava em dia e que a carga não excedia o limite permitido. 

Veja também

Salman Rushdie respira por aparelhos e pode perder um olho após ser esfaqueado nos EUA
Ataque

Salman Rushdie respira por aparelhos e pode perder um olho após ser esfaqueado

Justiça revoga prisão domiciliar de bolsonarista que matou tesoureiro do PT
Prisão preventiva

Revogada a prisão domiciliar de bolsonarista que matou tesoureiro