MEC divulga lista de aprovados do Sisu 2018

Os selecionados, agora, precisam verificar o local, o horário e os documentos necessários para fazer a matrícula na instituição em que foram aprovados

O Sisu distribui vagas para universidades públicas (estaduais e federais) e institutos federaisO Sisu distribui vagas para universidades públicas (estaduais e federais) e institutos federais - Foto: Priscilla Aguiar/Portal FolhaPE

O Ministério da Educação (Mec) divulgou, nesta segunda-feira (29), a lista de aprovados do Sistema Integrado de Seleção Unificada (Sisu). O programa distribui vagas para universidades públicas (estaduais e federais) e institutos federais.

Estavam sob disputa 239.716 vagas de 130 instituições. A lista completa dos aprovados em primeira chamada pode ser consultada no site. Os selecionados, agora, precisam verificar o local, o horário e os documentos necessários para fazer a matrícula na instituição em que foram aprovados. A matrícula começa nesta terça-feira (30) e seguirá até o dia 7 de fevereiro.

Leia também:
Listão de aprovados no Sisu 2018 será divulgado nesta segunda-feira
Aumenta número de notas zero nas redações do Enem


Para participar da seleção de vagas, os candidatos tiveram que participar do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2017 e não ter zerado a redação. As inscrições ocorreram entre os dias 23 e 26 deste mês no site do Sisu. Na página do MEC, o estudante consultou as vagas disponíveis, as instituições participantes e os seus respectivos cursos.

Ao longo das inscrições, o sistema também divulgou a nota de corte de cada curso como uma referência para os candidatos optarem por cursos aos quais tinham mais chance de aprovação.

A nota de corte se baseou no número de vagas disponíveis e no desempenho geral dos inscritos e era sempre atualizada à 0h durante os dias de inscrição. As últimas horas da inscrição no Sisu também renderam muitas brincadeiras. Os memes se multiplicaram nas redes sociais na reta final.

Veja também

Brasil ultrapassa 1,6 milhão de casos confirmados de Covid-19
Covid-19

Brasil ultrapassa 1,6 milhão de casos confirmados de Covid-19

Padre diz que Bolsonaro é 'bandido' e que eleitor dele tem que se confessar
Crítica

Padre diz que Bolsonaro é 'bandido' e que eleitor dele tem que se confessar