Médico que examinou Emilly no BBB 17 ameaça processar Marcos

O documento que constata marcas de agressões na campeã da edição vazou esta semana

O documento que constata marcas de agressões em Emilly foi postado por um fã clube de MarcosO documento que constata marcas de agressões em Emilly foi postado por um fã clube de Marcos - Foto: Reprodução

O documento que confirma as marcas de agressões no braço de Emilly Araújo vazou na internet esta semana. O exame, que serviu como prova para que Marcos fosse denunciado por agressão pelo Ministério Público, foi realizado nas dependências da Rede Globo durante o confinamento no Big Brother Brasil 17, após suspeitas de que Emilly havia sido agredida pelo cirurgião dentro da casa.

Feito pelo médico Elmo Marques Carneiro Filho, o documento diz que Emilly se queixava de dor em manobras de compressão no punho direito, sem sinais de lesões de escoriações e que apresentava pequeno hematoma roxo claro na região posterior do braço esquerdo e outro no antebraço direito.

O médico se manifestou por meio de Ralph Lichotti, seu advogado, afirmando que não pode dar entrevistas sobre fatos que envolvem suas pacientes, devido à Ética Médica e concluiu que ainda pretende processar Marcos Harter pelo vazamento, apesar de o exame ter sido publicado no Twitter por um fã clube do ex-bbb. 

 

Veja também

"Tomem a vacina que a esperança não deixa de acabar", disse a primeira vacinada em Pernambuco
Coronavírus

"Tomem a vacina que a esperança não deixa de acabar", disse a primeira vacinada em Pernambuco

Momento histórico: vacina contra a Covid-19 é aplicada pela primeira vez em Pernambuco
Coronavírus

Momento histórico: vacina contra a Covid-19 é aplicada pela primeira vez em Pernambuco