A-A+

Meia Giovanni não esperava excelente retorno ao Náutico

Jogador estava parado há um mês por, mas marcou um gol e iniciou a jogada do segundo do Timbu sobre o Figueirense

Giovanni marcou um dos gols da vitória alvirrubra diante do FigueiraGiovanni marcou um dos gols da vitória alvirrubra diante do Figueira - Foto: Anderson Stevens

Não é natural que um jogador de futebol volte de uma contusão apresentando o mesmo nível de antes. Afinal, o atleta costuma atuar com receio de se machucar novamente e está sem ritmo de jogo. Não foi o caso de Giovanni. O meia alvirrubro sofreu uma lesão parcial no ligamento colateral medial do joelho esquerdo há um mês, mas retornou marcando um gol e iniciando a jogada de outro na vitória de 2x0 sobre o Figueirense

Segundo o próprio jogador, nem nas melhores hipóteses se imaginava retornar em grande estilo. "Eu pensava em voltar, com o time ganhando, mas não pensava que ia jogar desse jeito, depois de 30 dias parado. Quero agradecer ao Departamento Médico, aos fisioterapeutas e preparadores. Não esperava fazer um gol e participar do segundo, até porque minha lesão não era para voltar em um mês", revelou.

Para Giovanni, agora que a equipe vive bom momento, não é mais um milagre escapar do rebaixamento à Série C. "Com certeza podemos sair dessa. Roberto chegou implantando o sistema dele. Temos um bom tempo para treinar e as coisas estão dando certo. Creio que podemos jogar assim dentro e fora de casa, porque precisamos somar pontos neste momento", avaliou o jogador, ciente de que é preciso manter um alto nível. "Chamamos a responsabilidade para nós e temos que jogar nesse nível. Quando jogarmos abaixo o torcedor vai cobrar. Tecnicamente nem sempre as coisas vão dar certo, mas dependendo da determinação desse time podem ter certeza que vontade não vai faltar. Ficamos sem David e Bruno Mota, mas quem chegar tem que vir com esse pensamento, de tirar o clube dessa situação que ele não merece estar", destacou.

Quando questionado se deveria se tornar o principal jogador do time caso Erick deixe o clube, o meia desconversou e mostrou humildade. "Erick é um jogador fundamental. Sabemos que ele recebe propostas pelo futebol dele, mas não quero tomar o lugar dele. Quero fazer um bom campeonato, dar minhas assistências, fazer gols e tirar o Náutico dessa situação", concluiu.

Veja também

Inmet prevê chuvas e temperaturas irregulares devido a La Niña
Clima

Inmet prevê chuvas e temperaturas irregulares devido a La Niña

OMS escolhe Fiocruz para produzir nova vacina contra Covid-19 ainda em teste
Imunizantes

OMS escolhe Fiocruz para produzir nova vacina contra Covid-19 ainda em teste