Violência

Menina atira em três pessoas em escola dos Estados Unidos

Dois alunos e um professor ficaram feridos, mas sem gravidade

Bandeira dos Estados UnidosBandeira dos Estados Unidos - Foto: Reprodução/Pixabay

Uma menina abriu fogo, nesta quinta-feira (6), em uma escola no estado de Idaho, noroeste dos Estados Unidos, ferindo três pessoas, antes de ser desarmada por um professor, informou a polícia. 

A estudante - não identificada - da Rigby Middle School, perto de Idaho Falls, estava na sexta série, o que significa que deve ter 11 ou 12 anos.

Ela "retirou uma arma de sua mochila e disparou várias vezes dentro da escola e para fora", disse o xerife Steve Anderson, do condado de Jefferson, completando que as lesões sofridas por dois estudantes e um funcionário não são consideradas fatais. 

"Durante o tiroteio, um professor desarmou a estudante e a deteve até que a polícia a levasse sob custódia", acrescentou Anderson em entrevista coletiva. O caso está sendo investigado pelo FBI e também por autoridades locais. 

Os EUA sofreram uma série de tiroteios em massa nas últimas semanas, incluindo em uma instalação da FedEx em Indianápolis, um prédio de escritórios na Califórnia, um supermercado no Colorado e vários spas em Atlanta. 

No mês passado, o presidente Joe Biden classificou a violência armada nos Estados Unidos como uma "epidemia" e um "constrangimento internacional".

Mais de 43 mil mortes por armas de fogo foram registradas nos Estados Unidos no ano passado, incluindo suicídios, de acordo com o Gun Violence Archive.

Veja também

Governo afirma ao STF que 72% dos índios já receberam as duas doses da vacina contra a Covid-19
Vacinação

Governo afirma ao STF que 72% dos índios já receberam as duas doses da vacina contra a Covid-19

Novo lote com 529 mil doses de vacina da Pfizer chega ao Brasil
Coronavírus

Novo lote com 529 mil doses de vacina da Pfizer chega ao Brasil