Menino que se afogou em piscina de parque aquático de Olinda participava de passeio escolar

Corpo de Paulo Roberto Santos de Lira e Silva, de 6 anos, passou por necrópsia na tarde deste domingo, no IML

"Marcas: a história de mais uma Maria""Marcas: a história de mais uma Maria" - Foto: Reprodução/Facebook

O menino de seis anos que se afogou, no último sábado (8), em uma piscina infantil do Coqueiral Park, no bairro de Ouro Preto, em Olinda, na Região Metropolitana do Recife, participava de um passeio escolar do Dia das Crianças. Segundo o administrador do parque, Rubem Ramos, o menino, identificado como Paulo Roberto Santos de Lira e Silva, estava na companhia de outras 200 crianças da Escola Falcone, sediada em Jaboatão dos Guararapes, também na RMR.

O menino recebia as instruções dos salva-vidas, junto com os colegas de escola, quando teria se distanciado do grupo. O salva-vidas, durante uma fiscalização, teria visto a criança que havia se afogado. De acordo com a administração do Coqueiral Park, no local, o garoto recebeu, imediatamente, os primeiros atendimentos e, em oito minutos, foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Olinda.

Segundo a administração, Paulo chegou com vida na unidade de saúde. No entanto, ele precisou ser transferido ao Hospital da Restauração, onde não resistiu e morreu. Além dos amigos e instrutores da escola, a criança participava do passeio na companhia da tia e da avó. O corpo do menino foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), no Recife, onde passou por necrópsia na tarde deste domingo (9).

Ainda não há informações sobre o sepultamento da criança. O Boletim de Ocorrência foi registrado, pela família, na Central de Flagrantes da Capital. O caso será investigado pela delegada Euricélia Nogueira, da Delegacia do Varadouro.

Coqueiral
O parque aquático funcionou, normalmente, neste domingo, das 8h às 16h30. O local não passou por perícia e a piscina que o menino se afogou tem 80 centímetros de profundidade e não foi interditada. Ao todo, são quatro salva-vidas para cinco piscinas. As câmeras de segurança do clube não são voltadas para a área de lazer. O administrador, no entanto, informou que o circuito interno será instalado em 30 dias.

Veja também

França estuda restrições para Covid-19 até abril de 2021
Coronavírus

França estuda restrições para Covid-19 até abril de 2021

Manifestantes preparam atos para caso Trump rejeite resultado das urnas
Eleições nos EUA

Manifestantes preparam atos para caso Trump rejeite resultado das urnas