A-A+

Meninos caem de bicicletas e morrem atropelados por caminhão-pipa em Toritama

Motorista do caminhão fugiu do local. Prefeitura da cidade decretou luto

Gabriel e Natan andavam de bicicleta na rua quando foram atropeladosGabriel e Natan andavam de bicicleta na rua quando foram atropelados - Foto: Cortesia/WhatsApp

Dois primos, de 8 e 10 anos de idade, morreram atropelados na noite dessa quinta-feira (6), na rua Joaquim Tabosa, no Centro de Toritama, no Agreste de Pernambuco. De acordo com informações iniciais da Polícia Civil de Pernambuco, os meninos estavam andando em uma bicicleta quando perderam o controle e caíram embaixo de um caminhão-pipa, que trafegava pela via.

Natan Guilherme Jordão Miranda, de 10 anos, morreu ainda no local. Já Gabriel Jordão Alves de Carvalho, de 8 anos, chegou a ser socorrido ao Hospital Nossa Senhora de Lourdes, na mesma cidade. O menino, no entanto, não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde.

Leia também:
Pedestre morre atropelado por caminhão ao tentar atravessar a BR-232, em Bezerros

Adolescente de 14 anos morre atropelada por caminhão em Olinda

O motorista do caminhão fugiu do local do atropelamento. A Polícia Civil informou ainda que o advogado do condutor compareceu à delegacia em seguida. Os corpos dos meninos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) de Caruaru, também no Agreste. O caso seguirá sob investigação da Polícia Civil.

Por meio de nota, a Prefeitura de Toritama decretou luto na cidade e lamentou a morte dos meninos. "O acidente comoveu o sentimento de todos os toritamenses. Não há, portanto, palavras neste momento que possam confortar a família. Queremos que saibam que a dor é de todos. Que Deus console a todos neste momento tão difícil", publicou a prefeitura.

Veja também

PF desarticula quadrilha que extraía ouro de terra indígena no Pará
operação policial

PF desarticula quadrilha que extraía ouro de terra indígena no Pará

Manifestantes antirracistas mortos por adolescente nos EUA não poderão ser chamados de vítimas
violência

Manifestantes antirracistas mortos por adolescente nos EUA não poderão ser chamados de vítimas