Maio de chuvas intensas

Com 229,8 mm em 10 dias, Olinda é a cidade da RMR que registrou maior índice de chuva acumulada

Leo MottaLeo Motta - Foto:

No mês de maio as chuvas são consideradas intermitentes pelos pernambucanos. 

De acordo com o boletim pluviométrico da Agência Pernambucana de Águas e Climas (Apac), a Região Metropolitana do Recife foi onde mais houve chuvas. Vale lembrar que o mês de maio faz parte do considerado o mês da quadra chuvosa, que é a época do ano onde é mais comum que ocorram precipitações.

Nas últimas 24h, da Região Metropolitana do Recife, a maior chuva da mesorregião foi registrada na Cidade de Itamaracá, quando foram calculados 47,4 mm. Nos primeiros dez dias do mês, a cidade com maior índice de chuva acumulada da mesorregião é Olinda, tendo contabilizado até agora 229,8 mm. Nas últimas 24h, o município registrou 25,2mm.

Recife registrou, nas últimas 24h, um índice de 22 mm e, nos primeiros dez dias, já registrou um total de 171,6 mm apenas nestes primeiros dez dias, o que corresponde a 52% do que é esperado para todo o mês de maio. 

Nas demais regiões do Estado de Pernambuco, o índice de chuvas não foi tão intenso. Na mesorregião da Mata Pernambucana, a cidade que mais registrou chuvas foi Quipapá, com 19,5mm nas últimas 24h. No Agreste, a maior chuva foi em Bonito, tendo contabilizado 22,6mm.

O Sertão Pernambucano e a Ilha de Fernando de Noronha são os lugares onde menos choveu de ontem para hoje. Tendo registrado 12mm na Cidade sertaneja de Manari e 10mm em Noronha.

Veja também

Câmara aprova MP que libera verba para municípios atingidos por chuvas
Auxílio

Câmara aprova MP que libera verba para municípios atingidos por chuvas

Governo do Rio não ofereceu ajuda a familiares de 27 mortos no Jacarezinho
Violência

Governo do Rio não ofereceu ajuda a familiares de 27 mortos no Jacarezinho