Covid-19

México doa 400.000 vacinas anticovid para Guatemala, Honduras e El Salvador

Marcelo Ebrard, ministro mexicano das Relações ExterioresMarcelo Ebrard, ministro mexicano das Relações Exteriores - Foto: Saul Loeb/AFP

O México doou 400 mil vacinas contra a covid-19 nesta quinta-feira (24) à Guatemala, Honduras e El Salvador, uma região da América Central conhecida como triângulo do norte, atingida pela pandemia.

“Venho em nome do México para entregar ao povo da Guatemala (...) 150 mil vacinas, fruto de uma iniciativa da América Latina”, disse o chanceler mexicano, Marcelo Ebrard, que desembarcou por algumas horas em um Base da Força Aérea da Guatemala.

“O México propôs às Nações Unidas que deveria haver acesso universal e equitativo às vacinas. Os países que produzem vacinas ou têm mais possibilidades vêm compartilhando em menor escala do que gostaríamos”, considerou Ebrard.

O governo mexicano também enviou outras 150.000 doses para Honduras, com o restante indo para El Salvador.

No início de junho, o México enviou 800.000 vacinas anticovid para a Argentina e outras 400.000 para Belize, Bolívia e Paraguai.

A Guatemala, com cerca de 17 milhões de habitantes, tem uma das piores taxas de vacinação contra a pandemia da América Latina, segundo organizações internacionais.

Embora a vacinação tenha começado em fevereiro neste país, duas doses do imunizante foi injetado em cerca de 150.000 pessoas, enquanto 700.000 guatemaltecos receberam uma dose.

Até esta quinta-feira, a Guatemala registra 286.708 casos e 8.894 mortes pela pandemia.

Veja também

Projeto doa próteses auditivas a pessoas em situação de vulnerabilidade em Paulista
RMR

Projeto doa próteses auditivas a pessoas em situação de vulnerabilidade em Paulista

Adolescentes entre 12 a 17 anos serão incluídos na vacinação contra Covid-19, anuncia ministro
Imunização

Adolescentes entre 12 a 17 anos serão incluídos na vacinação contra Covid-19, anuncia ministro