Saúde

Ministério da Saúde abre consulta sobre diagnóstico do câncer de pele

Contribuições devem ser enviadas para a Conitec até 8 de junho

Câncer de peleCâncer de pele - Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

O Ministério da Saúde abriu - desta sexta-feira (20) até 8 de junho - consulta pública sobre Diretrizes Diagnósticas e Terapêuticas do Melanoma Cutâneo, “tipo mais grave de câncer de pele”, informou a pasta.

As contribuições podem ser enviadas até o dia 8 pelo site da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde (Conitec) e serão analisadas pela Secretaria-Executiva do órgão.

A recomendação inicial apresentada pela Conitec é favorável à aprovação das diretrizes diagnósticas desse tipo de câncer de pele.

Melanina

“O melanoma tem origem nas células produtoras da melanina, substância que determina a cor da pele, e é mais frequente em adultos brancos. Ele pode aparecer em qualquer parte do corpo, na pele ou mucosas, na forma de manchas, pintas ou sinais. Em pessoas de pele negra, esse tipo de câncer é mais comum em áreas como palmas das mãos e plantas dos pés”, anunciou o ministério.

Acrescentou, em nota, que, embora o câncer de pele seja o mais frequente no Brasil e corresponda a cerca de 30% de todos os tumores malignos registrados no país, “o melanoma representa apenas 3% das neoplasias malignas do órgão”.

Veja também

Líder democrata no Senado pede para Biden desistir e cresce pressão por troca na chapa, diz TV
EUA

Líder democrata no Senado pede para Biden desistir e cresce pressão por troca na chapa, diz TV

Sobe para 16 o número de mortos em incêndio em centro comercial na China
ÁSIA

Sobe para 16 o número de mortos em incêndio em centro comercial na China

Newsletter