Ministra mexicana testa positivo para novo coronavírus e faz isolamento

Irma Eréndira Sandoval, da Administração Pública, recebeu o diagnóstico positivo para o novo coronavírus em 20 de abril

Coronavírus no MéxicoCoronavírus no México - Foto: ULISES RUIZ / AFP

Uma ministra do gabinete do presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, testou positivo para a Covid-19 e está em isolamento voluntário, informou o governo nesta segunda-feira (27).

Irma Eréndira Sandoval, da Administração Pública, recebeu o diagnóstico positivo para o novo coronavírus em 20 de abril, informou seu gabinete em um comunicado.

"Seguindo estritamente as recomendações médicas desde os primeiros sintomas, a ministra Sandoval se manteve em isolamento e em constante monitoramento médico, sem deixar de atender, remotamente, todos os assuntos relacionados ao seu cargo", acrescentou o documento.

Leia também:
EUA registra 1.330 mortes pelo novo coronavírus em 24 horas
O mundo deveria ter escutado a OMS, diz seu diretor-geral


Quando receber alta, Sandoval, de 48 anos, "voltará também à agenda de atividades que necessitem da sua presença física", disse a secretaria.

Ela é a primeira integrante do gabinete de López Obrador a ser diagnosticada com a Covid-19.

O embaixador do México na ONU, Juan Ramón de la Fuente, informou há duas semanas na coluna de um jornal local que tinha a doença, mas com sintomas leves.

No mês passado, os governadores dos estados de Tabasco, Querétaro e Hidalgo também testaram positivo para o novo coronavírus, mas conseguiram se recuperar da doença após o isolamento.

Em 12 de abril, o presidente da Bolsa Mexicana de Valores (BMV), Jaime Ruiz Sacristán, morreu aos 70 anos depois de contrair o vírus em meados de março.

Até o último domingo, o México registrava 14.677 casos confirmados e 1.351 mortes por Covid-19, segundo números oficiais.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

 

Veja também

Imunizados contra Covid-19 precisam voltar a usar máscara?
PANDEMIA

Imunizados contra Covid-19 precisam voltar a usar máscara?

Campanha arrecada roupas e agasalhos para comunidades quilombolas no Agreste; veja como doar
Solidariedade

Campanha arrecada roupas e agasalhos para comunidades quilombolas no Agreste; veja como doar