Ministro assina aprovação de projeto para pesquisas em Pernambuco

Intervenção de R$ 1,2 mil ajudará no diagnóstico de doenças gastro-hepáticas crônicas

Mendonça Filho assina projeto de R$ 1,2 mi para a UPEMendonça Filho assina projeto de R$ 1,2 mi para a UPE - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

O ministro da Educação, Mendonça Filho, anunciou, na manhã desta segunda-feira (12), a liberação de R$ 1,2 milhão para o projeto de cooperação científica "Pesquisa clínica e básica no âmbito das doenças gastro-hepáticas crônicas", proposto pelo Instituto do Fígado e Transplantes de Pernambuco (IFP) e Universidade de Pernambuco (UPE), junto à Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). O projeto de pesquisa tem como objetivo ajudar no diagnóstico precoce de doenças hepáticas através de novos equipamentos, como o fibroscan, para a fibrose hepática.

Este fibroscan será o primeiro do Sistema Único de Saúde (SUS) dedicado à pesquisa no Estado de Pernambuco. Além deste equipamento, o IFP contará com videolaparoscópios eletrônicos, para análise de pacientes com cirrose, e videlog ópticos eletrônicos, usados no procedimento de colonoscopia.

O projeto garantirá ainda a manunteção dos aparelhos usados em examente de tomografia, ressonância, endoscopia e colonoscopia e calibração de equipamentos de laboratório.

Leia também:
Mendonça Filho assina convênio de R$ 5,4 milhões para melhorias na UPE
No Dia da Mulher, delegacia promove ações de saúde e cidadania


Estarão envolvidos na pesquisa clínica seis pesquisadores - entre integrantes do IFP, da UPE e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) - e sete alunos de pós-graduação da UPE e da Fiocruz. A responsável pelo projeto, que terá duração de quatro anos, será a pesquisadora, docente e presidente do IFP, doutora Leila Maria Moreira Beltrão Pereira.

Veja também

Jornalista mexicano é assassinado na fronteira com os EUA, o sexto em 2020
Mundo

Jornalista mexicano é assassinado na fronteira com os EUA, o sexto em 2020

Astrônomos detectam planeta errante do porte da Terra vagando pela Via Láctea
Universo

Astrônomos detectam planeta errante do porte da Terra vagando pela Via Láctea