Ministro da Saúde se compromete a fazer campanha publicitária pelo isolamento social

Jair Bolsonaro tem relativizado a importância das medidas restritivas desde o início da pandemia

Ex-ministro da saúde Nelson TeichEx-ministro da saúde Nelson Teich - Foto: Alan Santos/PR/Flickr

Em reunião nesta terça-feira (5) com os secretários estaduais de Saúde descrita como tensa, o ministro da Saúde, Nelson Teich, comprometeu-se a promover uma campanha publicitária em defesa do isolamento social.

No encontro, como antecipado pelo jornal Folha de S.Paulo, o ministro foi cobrado a engordar a ajuda financeira, a acelerar a habilitação de leitos de UTI –que, dizem os secretários, estar "muito atrasada"– e a definir de que modo o governo federal ajudará no custeio dos hospitais de campanha.

Os secretários quiseram saber do ministro qual a diretriz de sua gestão para o combate ao coronavírus. Durante esse debate, ele assumiu o compromisso de fazer uma campanha publicitária reforçando a importância do isolamento social.

Leia também:
Brasil registra mais 600 mortes e 6.935 casos da Covid-19
Em Manaus, Teich se enrola duas vezes com a máscara


O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tem relativizado a importância do isolamento social desde o início da pandemia, o que levou a embates com o ministro da Saúde anterior, Luiz Henrique Mandetta, que acabou exonerado.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

Internado com Covid-19, idoso reencontra cachorrinha de estimação em despedida emocionante
Folha Pet

Internado com Covid-19, idoso reencontra cadela de estimação em despedida emocionante

Defensoria e MPPE recomendam ampliação de canais de agendamento para vacinação de idosos no Recife
RECIFE

Defensoria e MPPE recomendam ampliação de canais de agendamento para vacinação de idosos