Ministro do Meio Ambiente visita praias do litoral pernambucano

Durante a visita à praia de Itapuama, o ministro chegou a ser interpelado por populares, que o questionaram sobre os impasses da gestão em relação à limpeza das praias afetadas

Visita do Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, às praias do Cabo de Sto. AgostinhoVisita do Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, às praias do Cabo de Sto. Agostinho - Foto: Reprodução/Twitter

O ministro do meio ambiente, Ricardo Salles, chegou a Pernambuco na manhã desta terça-feira (22) para realizar vistorias nas praias afetadas pelo óleo. Além das ações nas praias, Salles deve participar de encontros com as autoridades locais; nos encontros, os representantes dos governos devem definir estratégias para conter o avanço dos resíduos e amenizar os danos nas praias já atingidas.

Acompanhado pelo prefeito do Cabo de Santo Agostinho, Lula Cabral (PSB), e equipes do IBAMA, da Defesa Civil, e dos voluntários, o ministro elogiou o trabalho da prefeitura e dos colaboradores. Durante a visita à praia de Itapuama, o ministro chegou a ser interpelado por populares, que o questionaram sobre os impasses da gestão em relação à limpeza das localidades afetadas.

Leia também:
Marinha diz que 900 toneladas de óleo foram retiradas do Nordeste
Óleo retirado das praias vira combustível para indústrias de cimento
Salles é recebido com protesto no Sul e critica 'politização' do óleo

Em vídeo publicado em sua conta do Twitter, o ministro fez um agradecimento à ação dos voluntários e dos órgãos responsáveis pela limpeza. "Os voluntários fizeram um grande trabalho de recolhimento, trabalhando em cooperação. Seguiremos limpando as praias com eficiência. No mesmo dia em que aparecer o óleo, a praia já estará limpa e vamos seguindo nesse trabalho", disse Salles.

Salles também voltou a dizer que o óleo que atingiu 201 praias nordestinas nos nove estados da região é venezuelano. "Nosso trabalho é técnico, nosso trabalho é de dedicação, remoção e identificação do óleo desde o início da crise que afeta todo o Nordeste. Nós não gastamos nem um minuto em polemizar ou politizar esse assunto", afirmou o ministro.

Leia também:
Óleo chega a Morro de São Paulo, 3º maior destino turístico da Bahia
Litoral pernambucano não registra novas chegadas de óleo nesta segunda; Praias seguem sendo monitoradas
Três ministros de Bolsonaro chegam nesta terça a Pernambuco para tratar do vazamento de óleo

Salles desceu de helicóptero na praia de Itapuama, litoral sul do estado. A visita durou aproximadamente dez minutos. Ele destacou o trabalho de militares do Exército, da Marinha e de servidores do Ibama, ICMBio, de prefeituras e voluntários. "Nós sabemos que o óleo é venezuelano, mas a investigação é no sentido de como esse óleo chegou na costa brasileira", declarou.

Ele participa nesta manhã de uma reunião na Capitania dos Portos, no centro da cidade. Os ministros da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, e o comandante da pasta do Desenvolvimento Regional do Brasil, Gustavo Canuto, também devem chegar a Pernambuco nesta terça.

Veja também

Onze mortos, entre eles dois bebês gêmeos, em deslizamento de terra na Indonésia
Mundo

Onze mortos, entre eles dois bebês gêmeos, em deslizamento de terra na Indonésia

Pernambuco registra 80 novos casos da Covid-19 e 16 mortes nas últimas 24h
Coronavírus

Pernambuco registra 80 novos casos da Covid-19 e 16 mortes nas últimas 24h