Famosos

Monica Iozzi não quis acordo com Gilmar Mendes durante processo

A atriz contou que foi procurada pelo ministro do Supremo, mas preferiu pagar a multa do processo

Monica falou pela primeira vez sobre o assunto na TVMonica falou pela primeira vez sobre o assunto na TV - Foto: Divulgação

A atriz Monica Iozzi revelou no programa "Conversa com Bial" que preferiu pagar a multa de R$ 30 mil a fazer um acordo com o ministro Gilmar Mendes. Após fazer um comentário nas redes sociais do ministro, ela foi processada e condenada a pagar uma multa. Monica contou que foi procurada por Gilmar para que ela pagasse R$ 15 mil em cestas básicas para instituições carentes de Brasília e ainda publicasse um post se desculpando pelo comentário. "Eu falei não. Eu não sou rica, R$ 38 mil não é nem de longe pouco dinheiro para mim, mas eu pensei 'eu não falei nada de errado. Eu vendo o meu apartamento, mas eu não vou fazer um acordo com esse homem'. Não é justo o que ele fez", desabafou. A atriz disse ainda que abandonou todas as redes sociais. Na época, ela questionou a decisão de Gilmar ao dar um habeas corpus para o médico Roger Abdelmassih.

Veja também

"Tomem a vacina que a esperança não deixa de acabar", disse a primeira vacinada em Pernambuco
Coronavírus

"Tomem a vacina que a esperança não deixa de acabar", disse a primeira vacinada em Pernambuco

Momento histórico: vacina contra a Covid-19 é aplicada pela primeira vez em Pernambuco
Coronavírus

Momento histórico: vacina contra a Covid-19 é aplicada pela primeira vez em Pernambuco