Acidente no Elevador

Morador grava momento após acidente de elevador de um prédio em Maceió

As 11 pessoas ficaram presas por nove minutos depois da queda do térreo ao subsolo e precisaram forçar a porta para sair

Onze pessoas entraram num elevador com capacidade para apenas oitoOnze pessoas entraram num elevador com capacidade para apenas oito - Foto: Reprodução

Nas imagens gravadas por um morador que estava dentro do elevador no momento do acidente, mostram pessoas reclamando de dores sentadas no chão e feridas sem gravidade após a queda do elevador do térreo ao subsolo na tarde do último domingo (19), num prédio em Maceió. As 11 pessoas entraram no 10º andar do prédio, onde a capacidade máxima é de até oito pessoas.

Os moradores relatam que também fizeram, por contra própria, uma abertura estreita por onde saíram antes mesmo da chegada da equipe de resgate. O Corpo de Bombeiros informou ter recebido um chamado para atendimento no local, mas retornou antes de chegar ao prédio porque foi informado que as pessoas já haviam recebido o auxílio de populares.

O homem responsável pela gravação ainda fez reclamação à administração do prédio porque não havia na portaria a chave para abrir o elevador em casos de acidentes.

"Estávamos todos dentro, quando ele despencou do zero para o subsolo. Fiquei indignado porque a portaria não tem uma chave para destravar o elevador para fazer um socorro, por mais que você peça. Aí tem que esperar bombeiros ou o dono da empresa do elevador. Enquanto isso, o povo em pânico dentro e acidentado", disse ele que sugeriu que os porteiros fizessem curso para conseguirem ajudar em caso de emergência.

Leonardo Pereira, síndico do prédio, relatou que a chave não é disponibilizada na portaria exatamente para que o procedimento seja feito de forma segura e por profissionais habilitados, o que não é o caso dos porteiros.  

"A trava da porta é na parte de cima, onde tem uma fechadura. Inclusive, no vídeo gravado, o morador fala que o condomínio não tem chave. O fato de não ter chave é por uma norma de segurança que diz que todo resgate só pode ser executado pela empresa de manutenção ou pelo Corpo de Bombeiros. Manter a chave dentro do condomínio é correr o risco que alguém vá fazer o resgate de forma indevida e cause um acidente a uma pessoa que pode ser fatal", disse o síndico.

 

 

 

Veja também

Rivais do premiê votam na penúltima etapa das eleições indianas
índia

Rivais do premiê votam na penúltima etapa das eleições indianas

Justiça da Colômbia acusa ex-presidente Uribe de suborno e fraude
america latina

Justiça da Colômbia acusa ex-presidente Uribe de suborno e fraude

Newsletter