Incêndio no Pina

Moradores das palafitas do Pina recebem cestas básicas e colchões durante ação da prefeitura

Também são oferecidos serviços para emissão de documentos e aplicação de vacinas

Moradores receberam cesta básica nesta terça-feira (10)Moradores receberam cesta básica nesta terça-feira (10) - Foto: Alexandre Aroeira/Folha de Pernambuco

Após verem as casas em chamas e perderem praticamente tudo no incêndio que atingiu, na última sexta-feira (6), as palafitas localizadas na Bacia do Pina, na Zona Sul do Recife, os moradores receberam, nesta terça-feira (10), novos itens essenciais distribuídos pela Prefeitura do Recife.
 
A ação contou com a entrega de cestas básicas e colchões, além de serviços de encaminhamento para emissão de documentos. Montada na sede do Centro Esportivo do Pina, a força-tarefa também oferece a aplicação de vacinas contra a gripe e a covid-19, a realização de exames para tuberculose e consultas médicas.

Também é possível solicitar a confecção do cartão SUS e receber orientação sobre o uso de medicamentos. 
 
Segundo o secretário-executivo de Defesa Civil do Recife, coronel Cassio Sinomar, as pessoas que receberam as doações foram cadastradas pela prefeitura logo após o incêndio. 

“Essas primeiras famílias que receberam são as pessoas afetadas diretamente na sexta-feira. Foi feito um levantamento, uma identificação, pela Defesa Civil, onde 126 famílias externaram que foram atingidas ou afetadas pelo incêndio. Essas pessoas estão recebendo esse apoio hoje”, explicou.

De acordo com o secretário, há dois cadastros referentes aos moradores das palafitas: um se refere a um levantamento realizado no ano passado pela prefeitura e o outro, que está sendo utilizado para atender as famílias atingidas pelo incêndio, foi realizado após a tragédia. 
 
“É importante até explicar esses dois cadastros. Um foi um levantamento das pessoas atingidas diretamente pelo incêndio e o outro é o selamento que existiu no ano passado, um selamento de quem era morador, de quem era o dono de cada um dos barracos daqueles", disse.

Prefeitura do Recife promove ação para prestação de serviços de assistência social e saúde aos moradores das palafitas do Pina - Foto: Alexandre Aroeira/Folha de PernambucoPrefeitura do Recife promove ação para prestação de serviços de assistência social e saúde aos moradores das palafitas do Pina - Foto: Alexandre Aroeira/Folha de PernambucoPrefeitura do Recife promove ação para prestação de serviços de assistência social e saúde aos moradores das palafitas do Pina - Foto: Alexandre Aroeira/Folha de PernambucoPrefeitura do Recife promove ação para prestação de serviços de assistência social e saúde aos moradores das palafitas do Pina - Foto: Alexandre Aroeira/Folha de PernambucoPrefeitura do Recife promove ação para prestação de serviços de assistência social e saúde aos moradores das palafitas do Pina - Foto: Alexandre Aroeira/Folha de PernambucoPrefeitura do Recife promove ação para prestação de serviços de assistência social e saúde aos moradores das palafitas do Pina - Foto: Alexandre Aroeira/Folha de PernambucoPrefeitura do Recife promove ação para prestação de serviços de assistência social e saúde aos moradores das palafitas do Pina - Foto: Alexandre Aroeira/Folha de PernambucoPrefeitura do Recife promove ação para prestação de serviços de assistência social e saúde aos moradores das palafitas do Pina - Foto: Alexandre Aroeira/Folha de PernambucoPrefeitura do Recife promove ação para prestação de serviços de assistência social e saúde aos moradores das palafitas do Pina - Foto: Alexandre Aroeira/Folha de PernambucoPrefeitura do Recife promove ação para prestação de serviços de assistência social e saúde aos moradores das palafitas do Pina - Foto: Alexandre Aroeira/Folha de PernambucoPrefeitura do Recife promove ação para prestação de serviços de assistência social e saúde aos moradores das palafitas do Pina - Foto: Alexandre Aroeira/Folha de Pernambuco

As pessoas afetadas diretamente na sexta-feira estão recebendo hoje. As outras pessoas que também têm suas localidades, que também têm seu selamento lá, que são 141, vão receber também todo o apoio necessário da prefeitura e de todas as secretarias”, detalhou. 
 
Micherlaine Barbosa, de 28 anos, está entre os beneficiados. Ela está desempregada e perdeu a casa durante o incêndio. “A situação está complicada. Hoje eu recebi uma feira e já ajuda porque eu tenho três filhos e estou gestante de novo”, contou.

A dona de casa Maria Mônica da Silva, de 37 anos, é ex-moradora das palafitas e estava no Centro Esportivo para acompanhar a filha, Vitória, de 18 anos, que vivia na Bacia do Pina e perdeu tudo no incêndio. “Eu estou aqui por ela, que tem um menino de um ano, e perdeu tudo. Na hora da catástrofe ela estava com ele no hospital, que ele estava gripado”, lembrou.
 
Dona Iranilda Amara, de 40 anos, estava com esperança de recomeçar após o incêndio. “Eu estou feliz porque as pessoas estão ajudando a gente aqui. Eu perdi tudo. Essas doações são muito importantes”, comentou.
 
De acordo com a Prefeitura do Recife, as famílias atingidas também receberão auxílio-moradia no valor de R$ 200 e auxílio pecúnia de R$ 1.500.

Reunião destaca continuidade das ações

Em reunião entre a Prefeitura do Recife e integrantes da comissão de moradores das palafitas, na tarde desta terça, a gestão municipal destacou a continuidade do mutirão de serviços médicos e de assistência social às vítimas do incêndio. 

"Equipes da Secretaria de Saúde estarão disponíveis para aplicar vacinas, realizar consultas médicas, oferecer orientações sobre higiene pessoal e de alimentos, cuidados com saúde bucal, dentre outras informações. Além disso, a Desenvolvimento Social, Direitos Humanos, Juventude e Políticas sobre Drogas do Recife farão as entregas de cestas básicas, donativos e colchões prioritariamente para as famílias atingidas pelo incêndio e disponibilizar o serviço para encaminhamento de documentos pessoais", disse a prefeitura em nota.

Além disso, ficou pactuado que a comissão apresentará o complemento do cadastro de moradores das palafitas para adoção das medidas de proteção social anunciadas pela prefeitura, como o auxílio-pecúnia e o auxílio-moradia. 

Veja também

Cidades da Mata Sul registram enchentes nesta sexta-feira
Pernambuco

Cidades da Mata Sul registram enchentes nesta sexta-feira

Equador reduz tarifas de combustível após fim de protestos indígenas"
Mundo

Equador reduz tarifas de combustível após fim de protestos indígenas"