Moradores de Bezerros relatam assaltos à mão armada nas ruas do centro

Abordagens violentas teriam ocorrido no início da manhã, contra pessoas que iam à feira; população cria hashtag para denunciar a insegurança

Plenário da AlepePlenário da Alepe - Foto: Henrique Genecy/ Folha de Pernambuco

Moradores de Bezerros, no Agreste de Pernambuco, viveram momentos de pânico na manhã deste sábado (29), quando dois suspeitos teriam assaltado várias pessoas na área central da cidade. As principais vítimas seriam pessoas que, por volta das 6h, iam para a feira do município. 

Uma moradora, que preferiu manter o anonimato, relatou que a ação aconteceu em várias ruas do centro. "Estavam roubando e assaltando o pessoal, principalmente as pessoas que iam para a feira", comenta. Outro morador afirmou que foram levados até mesmo documentos. "Roubaram até os documentos da moto de um cidadão, além dos celulares de mototaxistas", disse.

Moradores da região têm utilizado as redes sociais para compartilhar histórias e fotos da violência no município, como a foto ao lado. Com medo, uma bezerrense que pediu anonimato conta: "Eles começaram um arrastão na rua Princesa Izabel e foram em vários pontos da cidade, inclusive em um posto de combustível. As pessoas que vão até para a missa no sábado ou domingo não têm mais coragem de sair à noite". A moradora ainda acrescenta: "Ninguém tem mais coragem de estar em Bezerros à noite, em local nenhum. "

A Delegacia de Bezerros registrou pelo menos uma ocorrência de roubo no bairro São Sebastião, que fica na área central do município, na manhã deste sábado. Além desse caso, ainda há outros três registros apenas no período matutino - um no bairro do Retiro, outro no Loteamento Chico Lemos e ainda um último na área rural. Os relatos das vítimas fala em motociclistas com motos do modelo Honda Bros vermelhas e pretas. 

A reportagem da Folha de Pernambuco também entrou em contato com o 4º Batalhão da Polícia Militar (BPM), que atende também Bezerros, e que informou não ter sido acionada no município.

Na quinta-feira (27), uma pessoa foi feita refém durante um assalto a uma agência do Banco do Brasil, também na área central. Testemunhas contaram que o tesoureiro da agência foi levado ao banco com bombas amarradas ao corpo para pegar dinheiro e sua família seria refém dos criminosos.

#BezerrosPedePaz

Moradores denunciam a violência e afirmam que não se sentem seguros em Bezerros, Agreste do Estado. "Estamos trancafiados em casa e a bandidagem está solta nas ruas. Durante o dia a gente já fica com medo, quando começa a anoitecer ninguém mais sai de casa", afirma uma moradora que não quis se idenficar.

Ainda segundo moradores, no último final de semana, cinco pessoas foram assassinadas na região e os assaltos e cenas de violência são corriqueiras: "Uma feirante foi vítima de bala perdida durante uma tentativa de homicídio, nesta quarta, na feira. Ou seja, a gente não tem mais tranquilidade para andar na rua porque começa um tiroteio no meio da feira", comenta a moradora.

Os assaltos frequentes na cidade são compartilhados nos grupos de WhatsApp e diante desta situação moradores criaram a hashtag e campanha #BezerrosPedePaz, que está circulando nas redes sociais, que pede paz para Bezerros

Veja também

Após morte de George Floyd, capas de revistas com negros disparam
EUA

Após morte de George Floyd, capas de revistas com negros disparam

Em evento no Recife, ministro da Educação diz que 140 prefeituras terão de prestar contas ao TCU
EM EVENTO NO RECIFE

Em evento no Recife, ministro da Educação diz que 140 prefeituras terão de prestar contas ao TCU