Moradores de Joana Bezerra fazem protesto contra camarote; rua Imperial fica interditada

Estrutura, montada para o desfile do Galo da Madrugada, está fechando uma rua da área

Moradores de comunidade no bairro de Joana Bezerra protestam na rua ImperialMoradores de comunidade no bairro de Joana Bezerra protestam na rua Imperial - Foto: Anderson Stevens/ Folha de Pernambuco

Moradores da comunidade do Viaduto, na Ilha de Joana Bezerra, no Recife, fecharam o tráfego da rua Imperial para protestar. A reclamação envolve a estrutura de um camarote montado para o desfile do Galo da Madrugada que está fechando a principal via dos moradores. Eles atearam fogo em entulhos. O Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar estiveram no local.

Leia também:
Protesto marca segunda audiência do caso Gisely Kelly
Protesto por atraso das obras de parque fecha avenida na Iputinga, no Recife
Carros são depredados durante protesto contra morte de jovem no Recife


"A gente não tem condições de conversar com a prefeitura, que já não faz nada por nós e vende uma área que deixa a comunidade isolada. A área é da gente, onde estacionamos carros, estendemos roupas. Está parecendo um presídio. Conversamos com o dono do camarote, perguntamos como vamos passar, mas ele disse que vai fechar e foi a prefeitura que vendeu. E nosso direito de ir e vir? Eles têm poder aquisitivo, mas a gente tem garra", disse um dos manifestantes, Magellto Ferreira, 42 anos.

O protesto, na rua Imperial, aconteceu próximo ao número 1489 e ao viaduto João Paulo II. 

Veja também

Amazônia já tem mais queimadas em 2020 do que em todo o ano passado
meio ambiente

Amazônia já tem mais queimadas em 2020 do que em todo o ano passado

Pandemia causa atrasos nas obras de recuperação de Mariana
Mariana

Pandemia causa atrasos nas obras de recuperação de Mariana