Luto

Morre Creuza Meira da Fonte, cofundadora do hospital Jayme da Fonte

A viúva de Jayme da Fonte tinha 102 anos. Sepultamento acontece neste sábado

Hospital Jayme da FonteHospital Jayme da Fonte - Foto: Reprodução

O hospital Jayme da Fonte confirmou neste sábado (23) o falecimento de Creuza Meira da Fonte, aos 102 anos, sua cofundadora e viúva do médico Jayme da Fonte, fundador do centro médico que leva seu nome, considerado um dos mais tradicionais de Pernambuco.

O velório ocorre na manhã deste sábado (23) na capela Central do Cemitério Morada da Paz, em Paulista, na Região Metropolitana do Recife. O sepultamento também acontece nesta manhã, com presença de familiares e amigos próximos. Ela deixa seis filhos, sendo três homens e três mulheres, do seu casamento com Jayme da Fonte, que durou mais de 40 anos, além de netos e bisnetos.

Trajetória

Creuza Meira da FonteCreuza Meira da Fonte

Grande incentivadora na criação deste, que é considerado o segundo hospital de pronto-socorro no Brasil, sendo o primeiro do Norte-Nordeste, desde o ano de 1955, Creuza sempre foi dedicada aos assuntos ligados à família. “Muito religiosa e dinâmica, minha mãe se colocou integralmente para ajudar meu pai, que era médico, em todos os assuntos. Uma perda não só familiar, mas também para quem vive na área de saúde”, afirma o filho mais velho, Zeca da Fonte, de 76 anos.

Ainda na questão pioneira, Creuza apoiou ações do marido Jayme da Fonte em momentos como o uso de ambulância com telefone de frequência modulada, que tinha abrangência de fala num raio de 70km. Uma inovação e tanto para a década de 1950. “Isso ajudava muito na cobertura dessa ambulância. Se o atendimento acontecia no bairro da Encruzilhada, e outro chamado vinha de Casa Forte, o deslocamento acontecia mais rápido”, lembra Zeca da Fonte, ressaltando ainda o pioneirismo do grupo no acesso de funcionários com deficiências visuais e motoras.

No bairro das Graças, na Zona Norte do Recife, também foi inaugurada a primeira farmácia a portas abertas do Nordeste, ainda nos anos 1950, segundo o filho mais velho do casal. “Meu pai era muito revolucionário e corajoso. E minha mãe não era médica, mas tinha um tino administrativo que nasceu com ela”, comenta. Ainda sobre os empreendimentos da família, Creuza foi grande incentivadora na construção dos Hotéis da Fonte, com o selo Marante Executive e Marante Plaza.

Veja também

Revista Digital FMOTORS | Edição Dezembro 2021Revista Digital FMOTORS

Revista Digital FMOTORS | Edição Dezembro 2021

Desenvolvedor do Pegasus investiga relatos de espionagem com a ferramentaAtaque Hacker

Desenvolvedor do Pegasus investiga relatos de espionagem com a ferramenta