Coronavírus

Morre de Covid-19 enfermeiro que atacava vacina e defendia tratamento precoce

De acordo com a prefeitura, ele morreu no Hospital São José, montado para atender pacientes com Covid-19

O enfermeiro Anthony FerrariO enfermeiro Anthony Ferrari - Foto: Reprodução/Instagram

O enfermeiro Anthony Ferrari morreu no domingo (18), em razão de complicações da Covid-19. O profissional de saúde ficou conhecido nas redes sociais por divulgar informações falsas sobre vacinas e supostos tratamentos para a doença.

A morte foi confirmada pela Secretaria Municipal de Comunicação de Duque de Caxias, cidade fluminense. De acordo com a prefeitura, ele morreu no Hospital São José, montado para atender pacientes com Covid-19.

A infecção pelo coronavírus foi confirmada em publicação em sua página no Facebook assinada por sua mulher.

"Ele está SIM com Covid e segue internado, porém NÃO ESTÁ entubado [sic]. Como esposa dele peço que respeitem esse momento onde os familiares estão muito preocupados e essas notícias falsas causam muita dor", escreveu a mulher do enfermeiro, Natalia Ferrari.
 


No fim do ano passado, Ferrari divulgou vídeo fazendo a falsa afirmação que o médico voluntário no ensaio clínico da vacina de Oxford teria sido "vítima da vacina". Ele também dizia, erroneamente, que o imunizante poderia causar Alzheimer, doença degenerativa que afeta a memória, e fibromialgia, que causa dor e fadiga.

Ele também defendeu o uso de ivermectina no combate à Covid-19. Ele disse que a droga salva vidas, que há estudos que provam sua eficácia e que a Etiópia e a Austrália têm poucos casos do coronavírus porque fazem o uso profilático do remédio. Todas as informações são falsas. A família não se pronunciou sobre a morte do enfermeiro até a publicação desta reportagem.

Veja também

Procon-PE impede festa com mais de 400 pessoas em Jaboatão dos Guararapes
Pandemia

Procon-PE impede festa com mais de 400 pessoas em Jaboatão

Chile conclui eleição histórica em busca de maior equidade com uma nova Constituição
AMÉRICA LATINA

Chile conclui eleição histórica em busca de uma nova Constituição